Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria boas praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Notícias

Unidade do SEBRAE/RS em Soledade comemora bons resultados

16/07/15

Da Redação

COMPARTILHE

Ponto de atendimento na Regional Planalto apresentou crescimento no primeiro semestre de 2015 em relação ao mesmo período do ano passado

Da Redação

 Regional Planalto registra mais de 1,4 mil atendimentos no primeiro semestre (Foto: SEBRAE/RS)

Soledade – A unidade do SEBRAE/RS em Soledade só tem motivos para comemorar. Os primeiros seis meses do ano registraram mais de 1,4 mil atendimentos, superando a soma do mesmo período dos dois anos anteriores. As iniciativas compreenderam forte atuação na microrregião, projetos de qualificação de Micro e Pequenas Empresas e missões empresariais.

A técnica da Regional Planalto do SEBRAE/RS Ana Paula Moro Stefanello explica que o número de atendimentos realizados se deve, em parte, às parcerias efetuadas com prefeituras municipais e associações da microrregião de atuação. “Isso ampliou nossas possibilidades de ações. Além disso, projetos foram renovados, garantindo estímulo para os empreendedores e pessoas interessadas em abrir um negócio próprio”, conta.

Os seis primeiros meses do ano registraram 1.477 atendimentos. Em 2014, no mesmo período, foram 684, e, em 2013, totalizaram 275. As iniciativas compreenderam o Projeto de Qualificação de Micro e Pequenas Empresas (MPEs) em Ernestina; apoio na implantação da Sala do Empreendedor de Soledade; missões empresariais com empresários das cidades de Soledade, Fontoura Xavier, Ibirapuitã, Ernestina e Tio Hugo para o Seminário Desafios do Crescimento e Palestra com Deb Xavier em Passo Fundo. Além disso, as ações buscaram orientar o potencial empresário para o planejamento de sua ideia de negócio e escolher as capacitações adequadas para melhor gerir sua empresa.

Foi o caso da manicure Mari Ângela Morgan. Em 2014, ela resolveu abrir um negócio para gerar renda, mas os dois filhos, de 8 e 4 anos, sugeriram escolher algo que pudesse fazer em casa. “Escolhi manicure, mas minha preocupação, antes de começar a trabalhar, foi procurar o SEBRAE/RS para fazer tudo direitinho. Foi importante, pois eu nem sabia que essa função poderia ser formalizada como uma empresa”, disse.

Mari construiu uma peça como anexo em sua casa e instalou o serviço. Mas ela não parou por aí. A vontade de crescer a fez continuar em contato com o SEBRAE/RS em busca de mais conhecimento. “Busquei orientações sobre finanças, a forma de atender os clientes, enfim, uma série de capacitações em gestão que estão contribuindo para o meu negócio”, destaca. A empresária também visitou a Feira do Empreendedor em Porto Alegre e participou do Seminário de Crédito. “No início é sempre difícil, pois a gente não sabe nada, como controlar gastos, por exemplo. Orientação especializada é fundamental”, finaliza, revelando que pretende participar de novas consultorias.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

24 de Novembro de 2017

Ainda dá tempo de dar um upgrade na sua empresa

SAIBA MAIS

 

24 de Novembro de 2017

Quer saber como se comunicar pelo YouTube?

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 24/11/2017 15:59

Sebrae promove 2° Seminário Brasil Mais Simples em Santa Maria

Sebrae RS Podcast 23/11/2017 17:09

Projeto Conexão Saúde RS apoia indústrias do setor