Loading SEBRAE

Mais buscados: sei Credito consultoria Boas Praticas empretec

Loading SEBRAE

Notícias

Como criar uma empresa para amar

06/05/16

Da Redação

COMPARTILHE

Gabriel Drumond, sócio fundador do Mercado Brasco, falou sobre a trajetória da empresa e sua relação com o bairro durante a 11º Feira de Oportunidades do Senac-RS

Da Redação

Gabriel Drumond falou sobre sua trajetória à frente do Brasco (Foto: Senac-RS)

Porto Alegre – “Estamos construindo uma empresa para amar”, disse Gabriel Drumond, proprietário do Mercado Brasco, durante palestra na 11º Feira de Oportunidades do Senac-RS, uma ação realizada em parceria com o SEBRAE/RS. A atividade ocorreu na noite de quinta-feira, 5 de maio, no auditório da Faculdade Senac Porto Alegre, reunindo empreendedores e estudantes das áreas de Administração de Empresas e Marketing.

Ao comentar sobre a trajetória do Mercado Brasco, o jovem empreendedor, de 24 anos, confessou que já rejeitou propostas de investidores interessados em comprar parte da empresa. “Conversamos muito a respeito e percebemos que se aceitássemos a proposta teríamos muito dinheiro mas perderíamos o controle da principal função do mercado que é ser um ponto de encontro dos moradores do bairro. E concluímos: Queremos construir uma empresa para amar”.

Cerca de 80 pessoas acompanharam a palestra na noite de quinta-feira (Foto: Senac-RS)

Gabriel Drumond e Arthur Bolacell, fundadores da empresa, são do interior e quando vieram morar em Porto Alegre, aos 16 anos, estranharam muito as relações interpessoais da Capital. E é justamente isso que eles querem resgatar através do Mercado Brasco. “Nossos funcionários não são contratados por terem experiência em grandes redes de supermercado. Ao contrário, selecionamos pessoas que têm o nosso perfil, que gostem de gente, de conversar e que sejam elas mesmas”, explicou. A gestão de pessoas é um dos principais pilares da empresa, já que objetivo é entregar muito mais que produtos. “Distribuímos sorrisos e oferecemos uma boa amizade”, complementa Gabriel.

Com menos de quatro anos da primeira unidade aberta na Capital, localizada no bairro Moinhos de Vento, a Zona Norte também conta com um Mercado Brasco, desde o ano passado. “O crescimento foi rápido, mas nossa dedicação tem a mesma intensidade”. Segundo Drumond, todas as quintas-feiras ocorre reunião para revisão do modelo atual de negócio e planejamento de expansão. “Nunca abrimos para ser uma loja só, mas para ser uma rede de mercados de bairro. Neste sentido 100% do nosso lucro é investido na empresa”, disse.

Os sócios já planejam abrir outras lojas em bairros como Menino Deus e Bom Fim.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

19 de Janeiro de 2018

Expodireto 2018 contará com estande coletivo do Sebrae RS

SAIBA MAIS

 

19 de Janeiro de 2018

Mais de R$ 9,5 milhões em vendas na Couromoda

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 17/01/2018 17:54

Empresas do projeto Alimentos Premium começam a colher frutos

Sebrae RS Podcast 17/01/2018 17:52

Programa D’Olho na Qualidade Rural leva conhecimento e lucro para agroindústrias