Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria boas praticas empretec

Loading SEBRAE

Turismo

Turismo de Negócio

Turismo de negócios aquece a economia da capital gaúcha

03/11/17
Amanda Paim

Amanda Paim

Coordenadora Estadual da Economia Criativa e Turismo do SEBRAE RS

COMPARTILHE
O turista de negócios aquece a economia local durante os dias em que está hospedado.

Fazer com que Porto Alegre tenha visibilidade mundial para que grandes eventos sejam sediados na cidade. Esse é o objetivo de entidades como o Porto Alegre Convention & Visitors Bureau, que estima que mais de 90% do turismo na região é constituído por viagens de negócios, sejam empresas fazendo visitas técnicas, ou eventos como congressos.

Dados divulgados em 2016 pela Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA, na sigla em inglês) colocam a capital em terceiro lugar no ranking de cidades do Brasil que mais recebem eventos internacionais, perdendo apenas para São Paulo e Rio de Janeiro. Para Roberto Snel, presidente do Porto Alegre Convention & Visitors Bureau, a chancela mostra o preparo da região. “Porto Alegre, mesmo com todos os problemas que qualquer cidade grande tem, possui produtos e serviços para fins de business muito bem preparados”, avalia.

O turista de negócios possui um alto poder aquisitivo, aquecendo a economia local durante os dias em que está hospedado. Enquanto a média de ocupação hoteleira de um hóspede é de dois dias, o turista de negócios possui um tempo de permanência de quatro dias. De acordo com um estudo preparado pelo Conventions & Visitors Bureau em parceria com a PUCRS, 43% dos visitantes que vêm a Porto Alegre ficam mais de cinco dias na cidade, o que, de acordo com o estudo, “comprova que parte dos turistas fazem outras atividades de lazer e compras após o término do evento”.

“O varejo se tornou nosso parceiro por perceber que esses congressistas convergem de uma maneira acima da média”, salienta Snel. De acordo com ele, o ticket médio de um turista de negócios varia entre R$ 300 e R$ 400. “Além de ir ao congresso, este turista está disposto a gastar. Ele quer jantar fora, comprar um presente para alguém, e isso reflete em nossa economia”, completa.

Ainda segundo a pesquisa, a cidade recebeu um impacto de mais de R$ 182 milhões dos 62 eventos ocorridos em Porto Alegre em 2015, e gerou emprego para mais de 3,8 mil pessoas. Isso significa que para cada real investido para realizar um evento, a cidade recebeu R$ 1,5 em sua economia. Além disso, do público entrevistado pela pesquisa, 94% relata que retornaria à cidade para eventos ou em outras oportunidades, e 90% dizem que recomendaria Porto Alegre para outras pessoas, aumentando a imagem positiva da cidade.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

15 de Dezembro de 2017

Empresas da saúde conquistam resultados com projeto do Sebrae RS

SAIBA MAIS

 

14 de Dezembro de 2017

Sebrae RS disponibiliza conteúdo online gratuito

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 15:14

Palestra traz impactos de novo sistema para pequenas empresas

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 11:48

Pizzaria se moderniza inspirada em poesia, com apoio do Sebrae