Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei Credito mei Consultoria Boas Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Tribunais de Contas debatem prática da Lei Geral

24/10/12

Da Redação

COMPARTILHE

Encontro no Sebrae definirá estratégia de capacitação de prefeitos para implementarem a legislação dos pequenos negócios

Da Redação
Brasília – Encontro promovido pelo Sebrae, pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e pelo Instituto Rui Barbosa, mobiliza nesta quarta-feira, na Capital Federal, integrantes de Tribunais de Contas do país, na busca por uma estratégia para incentivar a prática, especialmente pelos municípios, da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei Complementar 123/06). A proposta é que, em parceria com o Sebrae, os TCs orientem os gestores públicos sobre a necessidade do cumprimento da legislação e promovam capacitações com esse objetivo por meio de suas escolas de contas para, depois, cobrarem a aplicação dos mecanismos legais.

O presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barretto, ressalta que “os Tribunais de Contas são parceiros estratégicos porque garantem segurança jurídica aos gestores públicos para a aplicação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. Além disso, possuem uma ampla rede de capacitação por meio de suas Escolas de Contas. Juntos, conseguiremos avançar no desenvolvimento local dos municípios utilizando o potencial dos pequenos negócios”.

O superintendente do Sebrae/RS, Léo Hainzenreder, que participa do evento, salienta que “a ideia é, já em março de 2013, promover uma mobilização nacional e levar essas orientações aos novos chefes do poder executivo municipal”. Ele enfatiza, ainda, que as iniciativas que serão desenvolvidas para incentivar a prática da lei da pequena empresa seguem exemplos de parcerias de sucesso já realizadas entre unidades do Sebrae e Tribunais de Contas em alguns estados, como Espírito Santo, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O Sebrae e a Atricon já têm um convênio com o objetivo de unir esforços para incentivar a regulamentação e prática da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. No Encontro Tribunais de Contas e o Desenvolvimento Econômico, que ocorre na sede do Sebrae, deverá ser pactuado um cronograma de atuação que incentive, inicialmente, a prática de quatro mecanismos da lei. Um deles é o capítulo que possibilita maior participação dos pequenos negócios nas compras governamentais, como a exclusividade para o segmento nas aquisições de até R$ 80 mil e a subcontratação das pequenas pelas grandes fornecedoras dos órgãos públicos.

Também estão entre os pontos a serem incluídos na agenda de trabalho o incentivo à desburocratização para abertura de empresas e à formalização por meio do Microempreendedor Individual (MEI), trabalhador por conta própria que ganha no máximo R$ 60 mil por ano, como vendedoras de roupa e de cosméticos, eletricistas e borracheiros. Outro item visa à nomeação, pelas prefeituras, dos agentes de desenvolvimento, trabalhadores cuja função foi criada pela Lei Geral para atuar em ações que incentivem o crescimento local com base nos pequenos negócios.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

18 de Abril de 2018

Sebrae RS promove rodada de negócios na 13ª Envase Brasil

SAIBA MAIS

 

18 de Abril de 2018

Sala do Empreendedor de Torres estipula metas para diminuir burocracia

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 17/04/2018 17:07

Sebrae lança projeto para apoiar MPEs na área da saúde

Sebrae RS Podcast 16/04/2018 16:45

Missão empresarial participa de feira industrial Alemanha