Loading SEBRAE
Loading SEBRAE

Notícias

SEBRAE RS capacita professores do ensino fundamental para estímulo ao empreendedorismo

Projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos conta com seis municípios participantes nas regiões Sul e Centro Sul do RS

14/09/17

Da Redação

COMPARTILHE

Pelotas – Já está em fase final a etapa de capacitações dos professores das regiões Sul e Centro sul do Estado que fazem parte do curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). Neste momento, seis municípios participam do projeto de Educação Empreendedora do SEBRAE RS, que tem por objetivo a disseminação dessa cultura entre crianças e adolescentes do Ensino Fundamental.

Professores do Sul do RS foram capacitados pelo SEBRAE RS para o tema empreendedorismo (Foto: Banco de Imagens)

De acordo com o gestor de políticas públicas do SEBRAE RS na região Sul do Estado, Fabrício Burkert, inicialmente é apresentado o projeto para os gestores públicos municipais, secretários de educação e professores. Quando estes atores identificam valor no projeto, a parceria é formada e o JEPP é levado adiante. “O curso incentiva a quebra de paradigmas e o desenvolvimento de habilidades e comportamentos empreendedores”, comenta.

Atualmente, os seis municípios participantes da capacitação de educação empreendedora na região Sul são: Pelotas, com cinco turmas de professores; Canguçu, com duas turmas; Pinheiro Machado, com uma turma de professores; Morro Redondo, com uma turma de professores; Camaquã, com uma turma, e Tapes, com uma turma de professores. “Foram impactados, até o momento, através da capacitação, mais de 200 professores em 50 escolas municipais. Até o final de 2017 serão mais de 4 mil alunos capacitados na região”, revela Burkert.

O JEPP incentiva comportamentos empreendedores através do estímulo ao protagonismo juvenil e à iniciativa futura para busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho por meio de uma postura empreendedora ou da criação de negócios próprios. “Não estamos falando apenas do empreendedorismo empresarial, mas também a cultura da cooperação, inovação, ecossustentabilidade, ética e cidadania”, avalia o técnico do SEBRAE RS.

Ao final da metodologia aplicada na sala de aula pelos professores, as escolas fazem suas feiras para que os alunos possam vender o que foi produzido durante as aulas de Educação Empreendedora.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

20 de Outubro de 2017

Turismo impulsiona o desenvolvimento de Morro Redondo

SAIBA MAIS

 

20 de Outubro de 2017

Seminário sobre a Junta Digital ocorre em Lajeado

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 20/10/2017 12:01

Seminário Crescer Sem Medo debate mudanças do Simples Nacional

Sebrae RS Podcast 18/10/2017 16:36

Projeto Costa Doce Natureza promove rodada de negócios