Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria Boas Praticas empretec

Loading SEBRAE

Notícias

Projeto Simplificar avança em Porto Alegre

13/01/16

Da Redação

COMPARTILHE

Reunião no Palácio Piratini reuniu todas as instituições parceiras, que conheceram os avanços no projeto proposto pelo Instituto Empreender Endeavor

Da Redação

Em Porto Alegre são necessários 484 dias para a abertura de uma empresa e praticamente 90% deste prazo está relacionado ao Corpo de Bombeiros (Foto: Ivo Gonçalves)

O projeto Simplificar, que busca desburocratizar os processos de registro e licenciamento de empresas em Porto Alegre, está cada vez mais próximo do seu objetivo. Nesta quarta-feira, 13 de janeiro, o Instituto Empreender Endeavor apresentou o diagnóstico e o plano de ação elaborado a partir de cinco meses de análises. O planejamento das iniciativas que serão realizadas para facilitar a vida dos empreendedores envolve questões relacionadas à legislação, processos, sistemas e recursos humanos. A iniciativa, lançada oficialmente em setembro de 2015, conta com a parceria do Governo do Estado, Prefeitura Municipal de Porto Alegre, SEBRAE/RS, Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP), Movimento Brasil Competitivo (MBC), além de empreendedores como Jorge Gerdau, da Gerdau, Nelson Sirotsky, do Grupo RBS, e José Galló, das Lojas Renner.

O projeto Simplificar surgiu a partir do lançamento do Índice de Cidades Empreendedoras, criado pela Endeavor em 2014. Conforme o estudo, das 14 capitais brasileiras analisadas, Porto Alegre foi considerada a capital com o pior prazo para registro de uma empresa, pois seu processo é muito complexo e burocrático. Por outro lado, é uma das que possuem condições mais propícias para o desenvolvimento de empresas e com potencial para evoluir e qualificar os seus processos. “Este foi o principal motivo para que escolhêssemos a Capital dos gaúchos para a primeira experiência do Projeto Simplificar”, afirma Juliano Seabra, diretor da Endeavor. O dirigente acrescenta que “a próxima fase agora é a execução deste plano de ação que promete trazer grandes benefícios para as empresas de Porto Alegre e se tornar referência no País”.

Para o diretor-superintendente do SEBRAE/RS, Derly Fialho, que esteve no encontro, é na constituição de novos negócios que o Estado e o País vão gerar desenvolvimento. “Precisamos criar ambiente adequado para as empresas prosperarem. Certamente, esta união de esforços trará muitos benefícios para as micro e pequenas empresas”.

Atualmente, segundo pesquisa realizada pela Endeavor, na Capital gaúcha são necessários 484 dias para a abertura de uma empresa e praticamente 90% deste prazo está relacionado ao Corpo de Bombeiros.

Participaram do encontro as seguintes lideranças: Governador do RS, José Ivo Sartori, Prefeito Municipal de Porto Alegre, José Fortunati, Diretor-superintendente do SEBRAE/RS, Derly Fialho, Diretor da Endeavor, Juliano Seabra, Secretário Estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, Secretária Municipal do Meio Ambiente, Ana Pellini, Secretária Municipal de Planejamento, Izabel Matte, Secretário Municipal de Indústria e Comércio (Smic), Antônio Kleber de Paula, Presidente da Junta Comercial do Rio Grande do Sul (Jucergs), Paulo Kopschina, Diretor Presidente do MBC, Claudio Gastal, Secretário Executivo do PGQP, Luiz Idelbrando Pierry, e os empreendedores Jorge Gerdau – Gerdau, José Galló – Lojas Renner, e Nelson Sirotsky – Grupo RBS.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

22 de Janeiro de 2018

Encerra amanhã o prazo para o MEI regularizar situação com a Receita Federal

SAIBA MAIS

 

19 de Janeiro de 2018

Expodireto 2018 contará com estande coletivo do Sebrae RS

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 22/01/2018 18:45

Inscrições abertas para o projeto StartupRS Scale

Sebrae RS Podcast 22/01/2018 11:21

Projeto Energia Mais está com inscrições abertas