Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI credito consultoria boas praticas empretec

Loading SEBRAE

Notícias

Projeto impulsiona ovinocultura no Estado

27/02/15

Da Redação

COMPARTILHE

Iniciativa do SEBRAE/RS, SENAR-RS e FARSUL estimula qualidade de gestão e de manejo para criadores de pequenas propriedades

Da Redação

Projeto visa estimular a qualidade de gestão e manejo para criadores (Foto: Banco de Imagens)

A vocação gaúcha para a criação de ovinos está sendo resgatada. O Projeto Qualificar a Ovinocultura na Região Centro está contribuindo para elevar o patamar das propriedades, da carne até a lã. A iniciativa é uma promoção do Programa Juntos para Competir (FARSUL, SENAR-RS e SEBRAE/RS) e contempla cinco grupos na região central, em Santa Maria, Santiago, São Sepé, Quevedos e Pinhal Grande.

O coordenador estadual de ovinocultura do SEBRAE/RS, Roberto Grecellé, destaca que neste projeto percebe-se a representação do benefício que o programa Juntos para Competir oferece para os produtores participantes. “As ações de atendimento em grupo, as equipes técnicas e os instrutores e consultores do SEBRAE/RS e SENAR-RS são absolutamente complementares e de grande potencial transformador da realidade produtiva dos sistemas pecuários, como fruto de uma sinergia muito forte de instituições que trabalham focadas nos avanços que a ovinocultura tanto necessita”, observa Grecellé.

Para a gestora do projeto pelo SEBRAE/RS, Lidiane Soldatti, outro grande destaque do trabalho é que cada grupo participa de diferentes atividades de acordo com suas necessidades. “Realizamos um importante encontro dos produtores para discutirmos gargalos da atividade, debater com compradores de ovinos da região e entender melhor a cadeia, tanto do lado dos produtores quanto dos compradores”, destaca. Para encerrar o ciclo de 2014 e iniciar 2015, foram realizadas reuniões em cada município atendido, oportunizando que os produtores avaliassem o andamento do projeto, apontando o que houve de positivo, quais as mudanças produtivas e avanços percebidos neste primeiro ano de atividade e, principalmente, quais os pontos de melhorias. “Como resultado, foi construído um plano de ações para este ano de forma totalmente participativa, contando neste momento com a importante opinião técnica da equipe gestora do projeto”, relata Lidiane.

Entre as melhorias já alcançadas estão a venda coletiva da produção, alcançando melhores negociações e o incremento da produção decorrente das orientações dos consultores. Outra importante conquista é o retorno financeiro da atividade, a partir do estabelecimento de controles gerenciais financeiros, implementados após as capacitações e consultorias, o que está contribuindo com a profissionalização da ovinocultura.

A Agropecuária São Francisco, de Santa Maria, é uma das participantes do projeto. Gilberto Pozzobom, um dos sócios da propriedade, conta que cuida da criação há 14 anos e tem 90 matrizes. “Antes, na época do meu pai, o forte era a lã, agora o foco está na produção de carne”, descreve. Com o projeto, Pozzobom participou de dias de campo, cursos de manejo e reprodução e já percebe ganhos na criação. “Melhora o trabalho, melhora a produção, porque tem assistência e a tendência é melhorar ainda mais”, acredita.

Esse é o objetivo do projeto: a qualificação da ovinocultura do Estado. O supervisor do SENAR-RS na Região Centro, Gilmar Desconzi, avalia que para estimular o mercado é preciso ter um fornecimento constante. “Os vários grupos em desenvolvimento vêm aumentando a produção, a escala, o rendimento e a qualidade”, comemora o supervisor. Outro resultado é a redução de perdas com a melhoria do manejo. Com mais produção, aumentam as possibilidades de comercialização.

Além da carne, a iniciativa também deve apoiar o aproveitamento da lã. Desconzi conta que serão realizados cursos de tosquia e comercialização da lã dos ovinos. “Vamos ensinar o método Talli-Hy, desenvolvido na Austrália, que é realizado com o animal solto, com cortes com máquina, que garantem melhor qualidade da lã, com menos sofrimento para o animal”, explica.

Estimular a ovinocultura é também apoiar os pequenos produtores rurais. “A ovinocultura independe do tamanho da propriedade, já que se viabiliza em pequenas áreas e diversifica a produção”, resume o supervisor do SENAR-RS.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

23 de Outubro de 2017

Oportunidades de negócios para empresas do setor de energia

SAIBA MAIS

 

20 de Outubro de 2017

Turismo impulsiona o desenvolvimento de Morro Redondo

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 23/10/2017 10:55

Evento em Lajeado apresenta vantagens da Junta Digital

Sebrae RS Podcast 20/10/2017 12:01

Seminário Crescer Sem Medo debate mudanças do Simples Nacional