Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito Consultoria BOAS PRATICAS empretec

Loading SEBRAE

Notícias

Produtores gaúchos participam de missão para a Frutal no Ceará

01/09/15

Da Redação

COMPARTILHE

Os empresários vão trocar experiências e conhecer a realidade local, especialmente na questão de irrigação das plantações

Da Redação

Produtores de frutas gaúchos participarão de missão à Frutal (Foto: Banco de Imagens)

Fortaleza – Um grupo de 10 produtores rurais do Rio Grande do Sul integra uma missão empresarial para Fortaleza, no Ceará, coordenada pelo SEBRAE/RS por meio do Programa Juntos para Competir (FARSUL, SENAR-RS e SEBRAE/RS). A programação tem como principal destino a Frutal, feira de produtos e serviços para a fruticultura, floricultura, agroindústria e cadeia de alimentos. O evento ocorre entre 1º e 3 de setembro, no Centro de Eventos do Ceará, na Avenida Washington Soares, 999.

Conforme explica o técnico da Regional Norte do SEBRAE/RS Ronaldo Dario Kloeckner “a seleção foi feita seguindo alguns pré-requisitos em que todos puderam participar, ou seja, foi um processo democrático entre os clientes atendidos pelo projeto Desenvolver a Fruticultura no Médio Alto Uruguai”, conta. Depois de uma pré-seleção, os empresários indicaram os 10 nomes finais.

A missão, que tem suporte do SEBRAE/CE, compreende uma visita à Frutal durante o primeiro dia. Na sequência, os participantes irão a outros pontos de interesse do estado do Ceará, como propriedades, associações, agroindústrias e centros de distribuição de alimentos. “Queremos que eles vivenciem outras experiências de uma realidade totalmente diferente. Vamos conhecer, também, cases de sucesso dos gricultores locais”, ressalta. Entre eles estão os produtores de caju, fruta abundante na região. A partir dos cajueiros existentes nos quintais, produtores criaram um projeto de associativismo para comercializar o produto.

Nesse contexto de conhecer o modo de operação de outras localidades, Agenor Anselmo Isotton, de Aratiba, tem como objetivo saber como uma região com pouca chuva consegue manter plantações irrigadas. “Trabalho há 14 anos com uva, sete com laranja e quero começar o plantio de limão taiti. Esse último precisará ser irrigado, então, todo conhecimento extra será bem vindo”, destaca.

O técnico Ronaldo Dario Kloeckner complementa. “Queremos que eles vejam novas tecnologias e inovações aplicadas à fruticultura, façam contatos com novos canais de comercialização, vejam a dinâmica do mercado, conheçam as formas de associativismo de pequena escala e de produção e, claro, a gestão hídrica de suas propriedades”, finaliza.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

20 de Outubro de 2017

Turismo impulsiona o desenvolvimento de Morro Redondo

SAIBA MAIS

 

20 de Outubro de 2017

Seminário sobre a Junta Digital ocorre em Lajeado

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 20/10/2017 12:01

Seminário Crescer Sem Medo debate mudanças do Simples Nacional

Sebrae RS Podcast 18/10/2017 16:36

Projeto Costa Doce Natureza promove rodada de negócios