Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria boas praticas empretec

Loading SEBRAE

Notícias

Negócio a Negócio atende mais de 1.500 empresas nos primeiros dias de janeiro

17/01/13

Da Redação

COMPARTILHE

Projeto do Sebrae/RS quer chegar a 49 mil empreendimentos em 2013

Da Redação

Porto Alegre – Ao contrário de muitos empreendedores que aproveitam o início do ano para curtir as férias, outros já estão dedicando-se a melhorar o desempenho de suas empresas. Desde o início de janeiro, 1.560 microempresas e Microempreendedores Individuais (MEIs) foram atendidos gratuitamente através do projeto Negócio a Negócio, que tem como objetivo implementar ferramentas de gestão, conforme suas necessidades. O projeto Negócio a Negócio é desenvolvido pelo Sebrae/RS, em parceria com 12 instituições de ensino gaúchas.

A meta para este ano, segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/RS, Vitor Augusto Koch, é chegar a 49 mil empreendimentos e realizar 147 mil atendimentos presenciais e gratuitos com foco em gestão. “Reiniciamos o projeto este mês de forma muito intensa, visto que em 15 dias já atingimos mais de 1.500 empresas. No litoral Norte, por exemplo, temos duas instituições realizando os atendimentos: a Universidade de Caxias do Sul (UCS) e a Faculdades Integradas de Taquara (Faccat)”, acrescenta.

O coordenador do projeto na UCS, professor João Vicente Franco de Godolphim, acrescenta que esta é a primeira vez que os atendimentos na região estão sendo feitos durante a alta temporada de turistas. “Por isso temos cuidado com os horários de abordagem, priorizando a primeira hora da manhã ou entre o meio dia e 15h, quando o número de clientes nos estabelecimentos é menor”. A meta da UCS no litoral Norte é atender 800 microempresas na etapa I (1º, 2º e 3º atendimentos) e retornar a outras 800 que participaram do projeto ano passado (etapa II).

Nestes primeiros dias de janeiro, estão recebendo as visitas dos Agentes de Orientação Empresarial – universitários devidamente treinados na metodologia do projeto – empresas localizadas em Capão da Canoa e Torres. “Porém, iremos atender empresas de 12 municípios da região”, ressalta. Para Godolphim, este período é positivo para o agente de orientação que, embora matriculado, permanece em férias. “Isso favorece o deslocamento do estudante e também flexibiliza os horários das visitas”, coloca.

 

Entenda o Negócio a Negócio

O Negócio a Negócio consiste na implementação de ferramentas básicas de gestão em empreendimentos com faturamento anual de até R$ 360 mil, além do MEI. De forma gratuita, universitários devidamente treinados na metodologia do projeto atuam junto às empresas fazendo um levantamento dos pontos fracos e das oportunidades de melhorias, além de sugestões de ferramentas que precisam ser colocadas em prática para que o negócio melhore seus resultados. “Na primeira fase são realizadas três visitas. Em um momento seguinte, os agentes de orientação empresarial retornam às empresas para realizar outros três encontros que finalizam a ação”, explica a gestora do projeto no Sebrae/RS, Marcia Peracchi.

As universidades parceiras são: Fadergs, Faccat, Feevale, Pucrs, UCS, UFSM, Unijuí, UPF, Urcamp, Ucpel, URI Campus Frederico Westphalen e URI Campus Santiago.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

15 de Dezembro de 2017

Empresas da saúde conquistam resultados com projeto do Sebrae RS

SAIBA MAIS

 

14 de Dezembro de 2017

Sebrae RS disponibiliza conteúdo online gratuito

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 15:14

Palestra traz impactos de novo sistema para pequenas empresas

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 11:48

Pizzaria se moderniza inspirada em poesia, com apoio do Sebrae