Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria boas praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Notícias

Município de Ibirubá implementa Lei Geral

13/07/15

Da Redação

COMPARTILHE

Ações de incentivo aos empreendedores locais ocorrem com frequência e a sociedade percebe movimento positivo

Da Redação

Prefeitura de Ibirubá prioriza os pequenos negócios (Foto: Divulgação)

Ibirubá – Quando a administração pública se conscientiza do impacto positivo social e econômico que o empreendedorismo gera nas comunidades, todos ganham. Assim pode ser resumida a atitude com que a prefeitura do município de Ibirubá, na região do Planalto gaúcho, tem se manifestado em favor do desenvolvimento local. A implementação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas a pouco mais de um ano já é uma realidade. Com o acompanhamento e apoio do SEBRAE/RS, por meio da regional Planalto, além de um espaço dedicado ao atendimento para os pequenos negócios, junto da Secretaria de Indústria e Comércio, hoje, do total licitado no município, 73% são contratações feitas com micro e pequenas empresas.

Além do secretário de Indústria e Comércio, Olindo de Campos, atuam dois agentes de desenvolvimento, formalmente nomeados como AD´s que fazem a interface diária com os empresários locais. São eles, Estevan Scarsi e Luiz Barbosa. Segundo Barbosa, todos os dias há, pelo menos, 10 atendimentos específicos sobre formalização de empresas de micro e pequeno portes e Microempreendedores Individuais (MEIs). “No espaço reservado para os atendimentos, o qual chamamos de Sala do Empreendedor, a movimentação é intensa há alguns meses. Formalizações são os trâmites mais comuns, mas a questão do microcrédito é igualmente solicitada, primeiro com informações, e depois com encaminhamento de documentação”, relata o agente.

Pelo perfil do município, que conta com aproximadamente 20 mil habitantes, o número de micro e pequenas empresas formais ultrapassa 1.500 e mais 500 com perfil de Microempreendedor Individual. “Temos uma grande quantidade de empresas na área de serviços. Nas contratações da prefeitura, a maioria é de MEI dos segmentos de limpeza, mecânica, elétrica e construção civil”, conta Barbosa.

Para o técnico em políticas públicas da regional Planalto do SEBRAE/RS, Patric Cunha Strapazzon, é interessante ressaltar que a cidade de Ibirubá aderiu há pouco tempo aos processos de implantação da Lei Geral. “Foi muito positivo trabalhar as questões da LG no município, pois a prefeitura e seus colaboradores se engajaram e contribuíram com as ações necessárias para garantir a implementação da lei, que garante uma série de benefícios aos empreendedores. Em Ibirubá, por exemplo, os alvarás, no que tange às responsabilidades do município, estão sendo emitidos instantaneamente”, destaca.

Sobre a Lei Geral das MPEs: A Lei 123/2006 oportuniza uma série de benefícios para os pequenos negócios, sobretudo na geração de emprego e renda e no fortalecimento das micro e pequenas empresas. A Lei Geral da Micro e Pequena Empresa já foi implementada em 196 cidades gaúchas.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

24 de Novembro de 2017

Ainda dá tempo de dar um upgrade na sua empresa

SAIBA MAIS

 

24 de Novembro de 2017

Quer saber como se comunicar pelo YouTube?

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 24/11/2017 15:59

Sebrae promove 2° Seminário Brasil Mais Simples em Santa Maria

Sebrae RS Podcast 23/11/2017 17:09

Projeto Conexão Saúde RS apoia indústrias do setor