Loading SEBRAE

Mais buscados: sei consultoria Credito Boas Praticas Empretec

Loading SEBRAE

Notícias

MPEs do RS geraram 9.215 novos postos de trabalho em novembro

07/01/13

Da Redação

COMPARTILHE

Indicador colocou o Rio Grande do Sul na terceira posição no país na criação de empregos, por empresas com até 99 colaboradores

Da Redação

No país, no período, as MPEs foram responsáveis por 90.950 contratações (Foto: Sebrae/RS)

Porto Alegre – As micro e pequenas empresas gaúchas geraram 9.215 empregos no mês de novembro de 2012, colocando o Rio Grande do Sul na terceira posição no país na criação de novos postos de trabalho por empreendimentos com até 99 colaboradores. O Estado ficou atrás apenas de São Paulo, com 18.143 empregos e Rio de Janeiro, com 17.850. Os números são de levantamento realizado pelo Sebrae Nacional com os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado mensalmente pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

No país, em novembro passado, as MPEs foram responsáveis por 90.950 contratações, garantindo o saldo positivo no mês, pois as grandes e médias empresas demitiram 44.855 empregados. Até o final do 11º mês de 2012, as micro e pequenas empresas criaram, no Brasil, mais de 1,13 milhão de novos empregos formais. No Rio Grande do Sul, no mesmo período, foram gerados, pelas MPEs, 64 mil e 900 postos de trabalho e 7.859 pelas médias e grandes.

Para o presidente do Sebrae/RS, Vitor Augusto Koch, o resultado do levantamento reforça a importância das micro e pequenas empresas para a economia gaúcha e do Brasil. “Como totalizam 99% dos empreendimentos no Estado e no País, e exercem papel fundamental na geração de emprego e renda, precisamos olhar com muita atenção para as suas necessidades e potencialidades”, avalia.

Dentre os pequenos negócios, o setor que mais criou empregos foi o de comércio, crescimento que pode ser atribuído à proximidade das festas de final de ano, que sempre aquecem a economia. Em segundo lugar ficou o setor de serviços, vagas oriundas da elevação do emprego em todos os seus ramos. Na indústria de transformação os ramos que registraram saldo positivo foram o da indústria de material de transportes e o da indústria mecânica.

Com os resultados de novembro, os micro e pequenos empreendimentos caminham para fechar o ano com um impacto na geração de empregos bem superior às médias e grandes empresas. Foram 11 meses de resultados positivos, alcançando uma média mensal que ultrapassa a casa de cem mil novos postos de trabalho. Desde o início de 2012, as empresas com até 99 funcionários criaram mais de 1,13 milhões de empregos, enquanto que as médias e grandes empresas foram responsáveis pela geração de pouco mais de 286 mil postos de trabalho.

 

Leia também matéria sobre os resultados nacionais: 90 mil novos empregos

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

22 de Setembro de 2017

Salão da Inovação será destaque na Mercopar

SAIBA MAIS

 

21 de Setembro de 2017

Doces de Pelotas no cardápio da 25ª Avaliação Nacional de Vinhos

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 22/09/2017 09:32

Doces de Pelotas serão servidos na Avaliação Nacional de Vinhos

Sebrae RS Podcast 21/09/2017 11:32

Encontro em Santa Maria busca soluções digitais para a educação