Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria boas praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Moveleiro

Indústria florestal

7 pontos para pensar o desenvolvimento da Amazônia Legal

31/07/17
Andrei Carletto

Andrei Carletto

Coordenador Estadual do Moveleiro do SEBRAE RS

COMPARTILHE
Governo, ONGs e empresas têm se unido nos últimos anos para pensar formas de desenvolvimento que sejam sustentáveis e utilizem os recursos disponíveis com racionalidade

A Amazônia Legal, denominação para uma determinada área da Floresta Amazônica pertencente ao Brasil e que ocupa 9 estados da federação, possui uma população total de 25 milhões de pessoas e enfrenta historicamente problemas com o desmatamento. Estima-se que a região já perdeu 18% da sua cobertura vegetal. Por isso, governo, ONGs e empresas têm se unido nos últimos anos para pensar formas de desenvolvimento que sejam sustentáveis e utilizem os recursos disponíveis com racionalidade.

Em 2012, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e o Fórum Nacional de Atividades de Base Florestal apresentaram o relatório Subsídios e Proposições para a Formulação de uma Política Industrial Sustentável para a Amazônia. Essa é uma leitura importante para todas as pessoas que se interessam em conhecer as oportunidades e carências para a indústria moveleira e florestal na região. Veja alguns pontos que merecem destaque:

1) Redução da informalidade
Uma das principais constatações é de que a informalidade nas relações de trabalho e registro são muito comuns na região. Em torno de 75% das empresas não possuem CNPJ, contratam sem carteira assinada e não se importam em adquirir madeira de procedência desconhecida. A desorganização do governo é identificada como um dos pontos que agrava a situação.

2) Legislações aplicáveis
As principais legislações que devem ser observadas para trabalhar na região são as de Áreas de Preservação Permanente (APP), Reserva Legal, Autorização de Supressão de Vegetação Natural e Plano de Suprimento Sustentável e Reposição Florestal Obrigatória.

3) Melhorias na fiscalização
O relatório identificou que a fiscalização na Amazônia Legal é fraca na parte de exploração florestal, mas muito presente nas áreas de transporte e unidades industriais. Seria necessário melhorar a infraestrutura para o monitoramento das ações.

4) Falta mão de obra
Os empresários da região identificam que a baixa presença de mão de obra qualificada torna, muita vezes, inviável a permanência e operação de empresas na região, principalmente as florestais. Baixo tempo de estudo e analfabetismo são os principais itens que precisam ser combatidos.

5) Acesso à internet
O acesso a meios de comunicação, principalmente a internet, precisa ser melhorado para que tanto as populações consigam exercer melhor sua cidadania quanto o desenvolvimento econômico possa acontecer. No caso das empresas, o acesso à internet pode potencializar o escoamento da produção por meio de vendas online.

6) Infraestrutura básica
As redes de energia carecem de integração, o que faz com que o fornecimento não seja constante. O acesso a saneamento básico não é generalizado, o que estimula a proliferação de doenças e falta de água potável. A estrutura de transportes também precisa ser repensada.

7) Organização do setor
As empresas do setor florestal madeireiro precisam potencializar a organização do setor, aumentando os níveis de produtividade, utilizando novas tecnologias, qualificando mão de obra e realizando um melhor aproveitamento de resíduos.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Veja Mais

Moveleiro

Perspectivas no setor moveleiro

Melhoria contínua é caminho para sucesso

Moveleiro

Design essencial

O saber como economia criativa

Notícias

15 de Dezembro de 2017

Empresas da saúde conquistam resultados com projeto do Sebrae RS

SAIBA MAIS

 

14 de Dezembro de 2017

Sebrae RS disponibiliza conteúdo online gratuito

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 15:14

Palestra traz impactos de novo sistema para pequenas empresas

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 11:48

Pizzaria se moderniza inspirada em poesia, com apoio do Sebrae