Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria boas praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Muito além do financeiro

12/01/17
SEBRAE RS

SEBRAE RS

Redação

COMPARTILHE

Investimentos em ações de sustentabilidade dão fôlego para a cervejaria Edelbrau, de Nova Petrópolis, atrair turistas, consumidores e admiradores que fazem o negócio crescer 30% ao ano

Nova Petrópolis – Os sócios diretores da Cervejaria Edelbrau, de Nova Petrópolis, possuem em suas mãos uma pequena empresa com cara de grande negócio. Em apenas cinco anos de atividades, entre a inauguração em 2011 e o final de 2015, o crescimento chegou a 30% ao ano. Em 2016, as perspectivas vão além disso, sustentadas em alguns projetos que nasceram no ano passado a partir de consultorias realizadas junto ao SEBRAE RS em duas frentes: sustentabilidade e nova área de atendimento com bar e restaurante. A Edelbrau é uma das participantes do projeto Qualificar as Microcervejarias Artesanais do Rio Grande do Sul.

Na primeira linha de trabalho, a eficiência energética tornou-se uma espécie de diretriz permanente. A busca por melhor consumo de energia se dá tanto na produção quanto nas áreas administrativas e, até mesmo, no conhecimento transmitido aos 10 colaboradores que dão conta de produzir os atuais 15 mil litros de cervejas ao mês. São seis tipos: Pilsen, Weiss, Dunkel, Pale Ale, Blond Ale e Oatmeal Stout (sazonal), vendidas ao preço médio de R$ 12,50 a garrafa de 600ml na própria cervejaria, ou a valores que podem chegar a R$ 24 nos pontos de venda distribuídos em todo o Rio Grande do Sul.

“Depois da assessoria indicada pelo SEBRAE RS, os consultores nos auxiliaram na reestruturação do circuito fechado da água usada para o resfriamento do mosto – que é a mistura do malte, água e outros componentes ”, diz Fernando Maldaner, um dos sócios. Antes, essa água usada no resfriamento chegava muito aquecida ao final do percurso, exigindo mais dos motores. “Com a adição de duas caixas da água de 5 mil litros ao ciclo de resfriamento, a água passou a entrar em temperatura ambiente no tanque de refrigeração, não necessitando de tanta carga nos motores”, explica ele.

No conjunto de ações para o caminho mais sustentável também foram implantadas cisternas de maior capacidade, passando de 10 mil litros para 28 mil litros. “Isso significa que a água para lavagem geral dos ambientes, pisos, vasos, jardins e outras necessidades é proveniente, exclusivamente, da chuva”, empolga-se o empresário. Internamente, conversas pessoais com os funcionários resultam em racionalização de uso de lâmpadas, ar-condicionado e demais aparelhos elétricos. “Como usamos os princípios da qualidade, com a ferramenta 5S, em que cada coisa tem seu lugar e a organização geral é necessária, ficou mais fácil convencer as pessoas da necessidade de usar os recursos com mais responsabilidade”, acredita Maldaner.

Nesse sentido, já há um estudo para a implantação de placas de captação de energia fotovoltaica. “No comparativo com os investimentos feitos até aqui – que não ultrapassaram R$ 20 mil – esse projeto será bem mais custoso, acima de R$ 250 mil. Ainda aguardamos que o governo defina financiamentos específicos para isso”, confirma o empreendedor.

O futuro se aproxima do turismo

Para a gestora do projeto Microcervejarias do RS, no SEBRAE RS, Francine Danigno, a Edelbrau ilustra bem como podem as consultorias e assessorias dar o apoio necessário ao crescimento das pequenas empresas. “O mercado é muito competitivo em todas as áreas produtivas. Ações que incentivam inovação e tecnologia e boas práticas de gestão dão resultados e é isso que garante a continuidade do trabalho, do desenvolvimento econômico e crescimento para os empreendedores”, avalia. As microcervejarias estão conquistando consumidores não só pelos sabores artesanalmente criados, mas pelas posturas diferenciadas, como responsabilidade social, ambiental e posicionamento engajado para uma sociedade melhor.

E é nessa sintonia que caminham os novos planos da Edelbrau. No segundo semestre de 2016 ficará pronto um bar-restaurante junto à Cervejaria. “Será um local para até 200 lugares, onde clientes e apreciadores poderão degustar todas as cervejas produzidas na ‘casa’, além de, saborear pratos e petiscos da culinária regional”, antecipa Maldaner. Hoje, a cidade de Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha, recebe uma grande quantidade de turistas nos finais de semana. Somente pela Edelbrau passam cerca de 4 mil pessoas mensalmente. “A ideia é reforçar o apelo turístico já que ele nos oferece consumidores interessados e não apenas curiosos. Cerca de 40% do faturamento total da Edelbrau é gerado, justamente, na loja junto à empresa. Temos, além das cervejas, artigos como abridores, aventais, chapéus alemães, caixas de madeira com garrafas variadas, etc.”, complementa ele.

Na questão do relacionamento com o público, a cervejaria oferece um espaço de visitação. Neste ambiente é possível visualizar grande parte da fábrica, conhecer os ingredientes utilizados na produção da cerveja, receber informações do processo produtivo, além de degustar um dos chopes produzidos pela Edelbrau. A loja e o espaço de visitação estão abertos de domingo a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados das 10h às 19h. Ele e o sócio, Samuel Zang, viajaram por um ano pela Irlanda e demais países europeus em busca de conhecimento e ideias para o negócio.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Veja Mais

Empreendedorismo

Investimentos

O Risco de Não Investir!

Empreendedorismo

Pesquisa GEM

Oportunidade ou necessidade?

E-commerce

Conferência E-commerce Brasil

10 dicas para você ter sucesso na sua Loja Virtual

Notícias

24 de Novembro de 2017

Ainda dá tempo de dar um upgrade na sua empresa

SAIBA MAIS

 

24 de Novembro de 2017

Quer saber como se comunicar pelo YouTube?

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 24/11/2017 15:59

Sebrae promove 2° Seminário Brasil Mais Simples em Santa Maria

Sebrae RS Podcast 23/11/2017 17:09

Projeto Conexão Saúde RS apoia indústrias do setor