Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei CREDITO mei consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Moda

Calendário do setor

Mudanças exigem muita sinergia entre a indústria e o varejo

21/02/18
Fabiano Bassani Zortéa

Fabiano Bassani Zortéa

Coordenador estadual da Moda do SEBRAE RS.

COMPARTILHE
Há anos as lideranças de moda debatem sobre o formato dos calendários. Desde sempre os desfiles mostram uma roupa, seduzem a mídia especializada (e agora também o consumidor), são destaques em revistas e sites, mas só chegam às lojas no outro semestre

As mudanças no cotidiano e comportamento das pessoas está influenciando diretamente o sistema de moda, e os empresários se deparam com novos desafios na perspectiva do imediatismo. Tudo muda o tempo todo. Primeiro a internet e agora as redes sociais e sua instantaneidade vêm provocando uma avalanche de transformações no mundo. E a moda, com sua ânsia pelo novo, certamente tem sido uma das indústrias mais impactadas por essa revolução.

Uma nova geração de consumidores nasceu e cresceu com o chip do imediatismo em função do contato com as tecnologias. De forma impressionante, atualmente os desfiles, desde sempre pensados para os profissionais da indústria, são acompanhados ao vivo, minuto a minuto, por milhares de pessoas no mundo todo. Por causa desta audiência, isto gera uma confusão na cabeça do consumidor porque não entende porque teria que esperar seis meses a produção, visto que algumas marcas já possuem os modelos à venda no varejo imediatamente após os desfiles.

Há alguns anos as lideranças de moda debatem sobre o formato atual dos calendários. Desde sempre os desfiles mostram uma roupa, seduzem a mídia especializada (e agora também o consumidor), são destaques em revistas e sites, mas só chegam às lojas no outro semestre. Até lá, a vontade de comprar aquilo que o consumidor gostou pode ter passado e ele também pode ter esquecido do que viu. Todo um esforço e investimento para chamar a atenção do consumidor se perde e precisa ser provocado de novo meses depois com novos investimentos e ações promocionais no varejo.

A mudança certamente terá um impacto na indústria no que diz respeito especialmente à cadeia de fornecedores e compradores, e os empresários precisarão encontrar respostas sobre como gerenciar os negócios neste contexto. O fato é que juntamente com o imediatismo as estações cada vez estão menos definidas, e também não faz mais sentido falarmos de inverno e verão. As pessoas compram moda por desejo, não importando a estação do ano. Talvez passar a pensar em estações da vida, dando ênfase no momento que os consumidores estão vivendo, possa fazer mais sentido para ser lembrado na hora da compra.

O fato é que em termos de calendário de moda, o que funcionava até ontem já não funciona mais, precisamos aprender a lidar com as novas demandas dos consumidores e organizar o sistema de produção a partir disto, com muita sinergia entre indústria e varejo.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

18 de Abril de 2018

Sebrae RS promove rodada de negócios na 13ª Envase Brasil

SAIBA MAIS

 

18 de Abril de 2018

Sala do Empreendedor de Torres estipula metas para diminuir burocracia

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 24/04/2018 14:54

Sebrae leva MPEs para maior feira médica da América Latina

Sebrae RS Podcast 17/04/2018 17:07

Sebrae lança projeto para apoiar MPEs na área da saúde