Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI consultoria Credito Boas praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Notícias

Moda gaúcha exposta para o Brasil

19/06/15

Da Redação

COMPARTILHE

Pequenas indústrias participantes do Projeto de Moda da regional Metropolitana do SEBRAE/RS estarão com estandes na III Fenin Fashion São Paulo

Da Redação

Marca Ana Rosa, de Novo Hamburgo, participa do projeto do SEBRAE/RS há seis anos (Foto: Divulgação)

Porto Alegre – A indústria da moda contemporânea gaúcha terá espaço em um dos maiores eventos nacionais para o varejo antecipar as compras do próximo verão. Entre os dias 21 e 23 de junho, em São Paulo, um grupo de cinco micro e pequenas empresas que participam do Projeto da Moda, da gerência regional Metropolitana do SEBRAE/RS, vai expor produção e lançamentos para os visitantes da III Fenin Fashion Primavera Verão 2015/2016. O evento será no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, na Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5, das 11h às 20h.

A participação das indústrias do Rio Grande do Sul na feira de São Paulo é parte das ações do SEBRAE/RS no sentido de ampliar mercados e dar oportunidade para que os empreendedores consigam visibilidade diante da tradicional competição imposta por polos de moda consagrados, como o de Minas Gerais. De acordo com a técnica do SEBRAE/RS Lucimara Miceli Santos Pereira, que acompanha o Projeto de Moda, o desenvolvimento de uma imagem forte para os produtores gaúchos é um trabalho bem mais amplo do que somente as feiras, mas são elas que abrem os espaços junto aos varejistas nacionais. “Percebemos que a presença nesses eventos é efetiva no sentido de abrir mercados, pois há o contato direto com os compradores. Muitas vezes, as vendas se dão ali mesmo, uma característica do segmento de moda”, explica ela.

Pela experiência de Lucimara, as cinco empresas que estão embarcando para São Paulo apresentam em comum um nível mais avançado de conhecimento dos negócios, da gestão da produção, bem como da modelagem bastante atualizada com as tendências identificadas em referências, como Europa e Estados Unidos. “A imagem da indústria gaúcha é positiva na questão da qualidade dos acabamentos e matérias-primas utilizadas. No Projeto do SEBRAE/RS temos aprofundado a questão da atualização de estilos e conexão com os principais polos mundiais”, complementa a executiva.

Um bom exemplo é a marca de moda feminina Ana Rosa, de Novo Hamburgo. Com 30 anos de fundação, há seis apenas, está engajada no trabalho do SEBRAE/RS. Desde então, implantou sistemas de organização interna para melhor controle da produção, hoje, em média, de 500 a 600 peças de roupas ao mês. “Pensar somente no volume de produção já não é mais uma gerência isolada. O aumento ou não de determinada linha de peças está vinculado ao estilo e, por sua vez, à demanda que temos dos lojistas”, comenta a diretora, Rosane Melo da Silva.

A expectativa para os próximos dias, em São Paulo, é a de rever alguns compradores que já fizeram pedidos anteriores. “Aprendemos como é interessante trabalhar com a moda para os mercados localizados mais ao Norte do Brasil, porque eles não possuem sazonalidade de estação, isto é, com a constância da temperatura, podemos fazer produção e lançamentos menores, porém de três em três meses em vez de duas vezes por ano como é aqui no Sul”, destaca a empreendedora.

Segundo Rosane, ao ampliar o mercado para o centro do País, sua marca conseguiu uma certa estabilidade de pedidos. “Temos um representante comercial no Rio de Janeiro e uma meta de ter outro em São Paulo para trabalhar também com foco no estado de Goiás, hoje, um dos mais interessantes em situação econômica, já que a moda não é um tipo de produção indispensável como alimentos, por exemplo”. A marca Ana Rosa trabalha com roupas para mulheres acima dos 30 anos, mais clássicas, e desenvolveu um estilo chamado “coquetel dress”. “É uma espécie de roupa de festa, mas mais despojada e que permite maior aproveitamento do que um vestido de festa, que só se usa uma vez por ser longo e cheio de bordados”, esclarece a diretora.

Fenin Fashion

Os organizadores estimam que a edição de junho terá a presença de mais de 15 mil compradores de todo o Brasil. A previsão de expositores está em 1.500 indústrias de todos os portes e estilos, desde roupas infantis, adultas femininas e masculinas, esportivas, uniformes empresariais e segmentadas por passeio, festa, trabalho, lingerie, casa e moda praia, etc. O foco geral será nas estações primavera/verão 2015/2016.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

18 de Agosto de 2017

Oportunidades para a horticultura no Salão do Empreendedor

SAIBA MAIS

 

18 de Agosto de 2017

Conexões para inovar

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 17/08/2017 16:25

Salão do Empreendedor ocorre durante a Expointer

Sebrae RS Podcast 15/08/2017 10:40

Aprenda a usar o WhatsApp como ferramenta de marketing