Loading SEBRAE

Mais buscados: sei Credito Consultoria Boas Praticas Empretec

Loading SEBRAE

Metalmecânico

Inovar para crescer

Departamento comercial forte e diversificação de campos de atuação fortalecem metalmecânica

12/01/17
Luis Guilherme Menezes

Luis Guilherme Menezes

Gerência Setorial da Indústria

COMPARTILHE
É papel dessa área também realizar um forte controle de custos, inovar propondo a produção de outros materiais e desenvolver produtos próprios.

Por mais que a indústria metalmecânica tenha sido uma das mais atingidas pela crise econômica no Brasil, ações como a criação de departamentos comerciais fortes e a diversificação da área de atuação visando outras regiões do país podem ajudar no restabelecimento das vendas por indústrias gaúchas do setor.

Para o gestor de projetos da indústria da Regional Norte do SEBRAE RS, Gladistom Deliberali, as empresas que mais conseguem se destacar são as que investem em equipes comerciais que focam a prospecção no mercado nacional e estabelecem venda ativa, entendendo o momento como oportunidade. É papel dessa área também realizar um forte controle de custos, inovar propondo a produção de outros materiais e desenvolver soluções próprias.

– O setor metalmecânico é acostumado a ter seus produtos comprados, não em buscar possibilidades de venda, já que o setor é muito forte e durante muito tempo houve muita demanda. Precisamos pensar a indústria menos na lógica de terceirização e propor mais soluções próprias – afirma.

64_1215_-gcomgind_metalmecanico_investimentoseoportunidades_840x415

É com essa ideia que o SEBRAE RS desenvolveu o projeto “Metal Norte – Diversificar mercados para o setor metal-mecânico”. O objetivo principal é abrir novas oportunidades para a indústria gaúcha no mercado nacional, oferecendo especialistas que realizam a prospecção de compradores. O empresário sinaliza três áreas nas quais tem interesse e, após pesquisas, são apresentados a parceiros comerciais de outros Estados. São realizadas também rodadas de negócios e participações em feiras para estimular o intercâmbio de informações.

Segundo Deliberari, o setor que tem mostrado maior potencial de integração é o agronegócio, que estimula empresas envolvidas com máquinas, equipamentos, peças de reposição e para frigoríficos. Os estados do Mato Grosso, Paraná e o oeste de Santa Catarina são os que têm atraído mais negócios.

– O agronegócio está passando relativamente bem pela crise e pode ajudar muito a indústria nacional – analisa.

A construção de grandes plantas de produção de celulose na região Centro-Oeste é bastante valorizada também. De acordo com Deliberari, obras dessa magnitude dependem de produtos de metalúrgicas, elaboração e instalação de peças e estruturas, o que muitas vezes pode ser atendido por uma única empresa.

O setor de produção automobilística, em especial de produção de ônibus na região da Serra Gaúcha, mira as oportunidades de venda para países da América Latina. De acordo com o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs), Reomar Slaviero, os países dessas regiões também estão com problemas econômicos, mas têm a produção de bens de capital (como ônibus, máquinas e caminhões) em um estágio menos desenvolvido que o brasileiro e continuam com demandas. Colômbia, Equador e Chile são vistos como os maiores potenciais compradores.

– Olhar para esses mercados nos faz ver oportunidades interessantes. Com inovação e mobilização do setor, podemos vender mais – torce, Slaviero.

A busca por investimentos é um desafio que também deve ser vencido. As possibilidades de investimentos focam em modernização das plantas das fábricas, desenvolvimento de inovações e compra de máquinas. Das linhas existentes hoje, Slaviero cita as de grande investimentos propostas pelo BNDES e da Caixa Econômica Federal. Já no Rio Grande do Sul, avalia que as do Banco de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Badesul) são boas alternativas.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

16 de Fevereiro de 2018

Programa auxilia propriedades a organizar rotinas de trabalho

SAIBA MAIS

 

15 de Fevereiro de 2018

Ferramentas online para o agronegócio

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 16/02/2018 11:12

Conexão da Moda tem inscrições abertas para lojas do setor

Sebrae RS Podcast 15/02/2018 11:05

Projeto busca aproximação entre varejo e indústria de moda no RS