Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei Credito mei Consultoria Boas Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Mercopar quer crescer mais nos próximos anos

03/10/12

Da Redação

COMPARTILHE

Abertura oficial do evento ocorreu na noite de terça-feira

Da Redação
Presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/RS, Vitor Koch, durante a cerimônia de abertura da Mercopar (Foto: João Alves)
Caxias do Sul – O sucesso da Mercopar – Feira de Subcontratação e Inovação Industrial, que em 2012 chega à 21ª edição com a presença de 587 expositores nos setores de Borracha, Eletroeletrônico, Energia e Meio Ambiente, Metalmecânico, Movimentação e Armazenagem de Materiais, Plástico e Serviços Industriais, é a base para que o evento cresça ainda mais no futuro. O clima de otimismo e de boas perspectivas quanto à geração de negócios na feira foi o ponto comum durante os discursos realizados na cerimônia de abertura realizada na terça-feira (02/10) à noite, no Centro de Feiras e Eventos da Festa da Uva, em Caxias do Sul.
 
O crescimento real da feira é calculado em 20% neste ano com relação a 2011, fato que comprova a importância do evento não só para a indústria gaúcha, mas também em nível nacional. “A Mercopar faz frente a outros grandes eventos internacionais, tanto que as perspectivas são de que tenhamos um faturamento de R$ 135 milhões, resultado 9% superior ao ano passado. Temos aqui grandes empresas que são exemplos para as micro e pequenas. Hoje, nossos competidores estão no mundo inteiro e exigem uma melhor performance, incluindo aí a inovação, que está em evidência no nosso Salão da Inovação preparado pelo Sebrae/RS”, afirmou o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/RS, Vitor Koch.
 
Para os próximos anos a Mercopar já tem planos para dobrar de tamanho, num projeto em parceira com o Sebrae de outros estados. “Com aporte financeiro e com o know how alcançado vamos nos tornar uma referência ainda mais importante no setor. Mas para isto precisaremos ampliar a infraestrutura, adequando-a ao tamanho da feira”, completou Koch.
 
Lista de espera
A edição 2013 da Mercopar já conta com uma lista de espera que representa cerca de 2.000 m². Para o diretor da Hannover Fairs Sulamerica, Constantino Bäumle, isto é fruto dos resultados obtidos pelos expositores e pela sintonia entre o Sebrae/RS, a Hannover Fairs Sulamerica, o poder público e a comunidade de Caxias do Sul. “O empresário vem para Caxias porque sabe que esta é uma feira de negócios, e que gera oportunidades para toda a comunidade. Pretendemos continuar com esta parceria e tornar a feira cada vez maior e mais bonita”, destacou Bäumle.
 
O prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori, saudou os participantes e lembrou que a Mercopar tem uma vocação empreendedora, relacionando esta característica com o perfil da cidade. “Nosso município é um lugar de gente empreendedora. E a Mercopar é fundamental para nós. Esta feira poderia estar acontecendo em qualquer lugar do mundo e temos orgulho em receber anualmente este evento”, afirmou Sartori.
 
Durante a cerimônia de abertura, que contou com a presença de empresários e líderes de entidades, foi apresentado um vídeo institucional sobre os 40 anos do Sebrae. A noite contou ainda com uma apresentação do espetáculo Tangos e Tragédias.
 
A Mercopar, que acontece até a próxima sexta-feira (05/10), é realizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul (Sebrae/RS) e pela Hannover Fairs Sulamerica, empresa do Grupo Deutsche Messe AG, no Centro de Feiras e Eventos da Festa da Uva, em Caxias do Sul. Mais informações podem ser obtidas pelo site www.mercopar.com.br.
COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

18 de Abril de 2018

Sebrae RS promove rodada de negócios na 13ª Envase Brasil

SAIBA MAIS

 

18 de Abril de 2018

Sala do Empreendedor de Torres estipula metas para diminuir burocracia

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 17/04/2018 17:07

Sebrae lança projeto para apoiar MPEs na área da saúde

Sebrae RS Podcast 16/04/2018 16:45

Missão empresarial participa de feira industrial Alemanha