Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei CREDITO mei Consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Junta Digital agiliza abertura de empresas no RS

Solenidade no Palácio Piratini marcou a conquista para redução da burocracia no Estado

19/04/17

Da Redação

COMPARTILHE
O diretor-superintendente do SEBRAE/RS durante a solenidade, no Palácio Piratini (Foto: Daniela Barcellos / Palácio Piratini)

O diretor-superintendente do SEBRAE/RS durante a solenidade, no Palácio Piratini (Foto: Daniela Barcellos / Palácio Piratini)

Porto Alegre – Abrir, alterar ou até mesmo extinguir uma empresa agora é mais simples no Rio Grande do Sul. Foi lançada nesta quarta-feira, dia 19 de abril, no Palácio Piratini, a Junta Digital, serviço de registro empresarial inteiramente pela internet, que garante mais rapidez, comodidade e segurança aos empreendedores. O ato foi oficializado na presença do Governador do Estado, José Ivo Sartori, do presidente da Junta Comercial, Industrial e Serviços (Jucis), Paulo Roberto Kopschina, do superintendente do SEBRAE RS, Derly Fialho, entre outras autoridades representativas.

O governador gaúcho saudou o caráter desburocratizador da iniciativa. “A Junta Digital vai tornar o Rio Grande do Sul mais eficiente e é justamente isso que buscamos: um Estado mais moderno e voltado para as pessoas e organizações”, afirmou Sartori. O presidente da Jucis destacou o empenho do Governo, do SEBRAE e das prefeituras municipais para a implementação da Redesimples – Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios, que permitiu que o Estado fosse escolhido para o projeto Junta Digital. “São mudanças profundas, mas necessárias para a otimização dos serviços das Jucis”, resumiu Kopschina.

Até o momento, 80 municípios gaúchos estão integrados à Redesimples e a meta é atingir 100 cidades até o final do ano, com abrangência de 87% das micro e pequenas empresas. O modelo foi adotado pioneiramente pela Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg). “Ser o segundo Estado a colocar a Junta Digital em prática é motivo de orgulho para todos nós”, destacou o diretor-superintendente do SEBRAE RS. Para Derly Fialho, o projeto que foi oficializado hoje é resultado de muito empenho político e de entidades que entendem que o empreendedorismo é o futuro do País. Cinco dos sete milhões de reais investidos no projeto da Redesimples foram aportados pelo SEBRAE.

Autoridades acompanharam processo de abertura digital da empresa durante o evento (Foto: Daniela Barcellos / Palácio Piratini)

Autoridades acompanharam processo de abertura digital da empresa durante o evento (Foto: Daniela Barcellos / Palácio Piratini)

Junta Digital na Prática

Durante a solenidade no Palácio Piratini, o empresário Diogo Dorneles Queiroz relatou sua experiência, na prática. “Em seis dias corridos, apenas três dias úteis, adquiri meu CNPJ. É um passo muito importante para os empreendedores e, por isso, cumprimento todas as entidades envolvidas neste processo”, reconheceu. A contadora Ana Paula Mocellin, que demonstrou o processo de formalização digital, ao vivo, durante a cerimônia, destaca que o caráter facilitador da Junta Digital, para contadores e empresários. “O futuro empresário pode abrir a sua empresa de onde estiver, dentro ou fora do País. Aqueles que já são formalizados, podem alterar registros de suas empresas pela internet. Vai facilitar muito a nossa rotina de trabalho. Nós, contadores, estamos muito satisfeitos”, resumiu.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

18 de Abril de 2018

Sebrae RS promove rodada de negócios na 13ª Envase Brasil

SAIBA MAIS

 

18 de Abril de 2018

Sala do Empreendedor de Torres estipula metas para diminuir burocracia

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 17/04/2018 17:07

Sebrae lança projeto para apoiar MPEs na área da saúde

Sebrae RS Podcast 16/04/2018 16:45

Missão empresarial participa de feira industrial Alemanha