Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito Consultoria BOAS PRATICAS Empretec

Loading SEBRAE

Notícias

Inmetro orienta fabricantes de berços

12/07/12

Da Redação

COMPARTILHE

Workshop no polo moveleiro de Bento Gonçalves mostra requisitos para adequação

Tatiana Alarcon

Empresários receberão orientação do Inmetro sobre certificação para berços

Brasília – A preparação do quarto do bebê faz embala os sonhos de todas as futuras mamães. A escolha do berço ocupa a atenção do casal – modelo, estilo, tamanho. Mas a peça precisa ter também qualidade. Para garantir a adequação desses móveis, o Sebrae vai orientar os fabricantes de berços sobre os requisitos para a certificação,conforme os regulamentos publicados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

 

Nesta quinta-feira (12/07), em Bento Gonçalves , as duas instituições promovem, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), um workshop com empresários do setor para apresentar as ações de apoio à adequação dos regulamentos.

Durante o encontro serão demonstradosos requisitos de avaliação da conformidade para berços infantis, o passo a passo para a certificação dos produtos, os métodos usados pelos laboratórios para a realização dos testes de qualidade, a atuação do Inmetro após a publicação do regulamento e as ações de apoio à adequação do setor produtivo.

Também participam do evento organismos de certificação e laboratórios acreditados pelo Inmetro para atuação com berços infantis. Nos próximos meses, novos workshops serão realizados com empresários dos polos moveleiros de Arapongas (PR), Ubá (MG) e Linhares (ES).

Adequação

A portaria do Inmetro estabelece a obrigatoriedade da aplicação dos requisitos de segurança para todas as marcas de berços. Também há regras quanto aos materiais utilizados na fabricação dos produtos, às dimensões dos berços, o espaçamento entre as grades e à estabilidade da peça, entre outros. O objetivo é prevenir acidentes e garantir a segurança de bebês e crianças. Segundo a portaria, a partir de 21/12/2012, os fabricantes só poderão colocar no mercado berços com certificação. Da mesma forma, a partir de 21/06/2014, o comércio só poderá trabalhar com berços certificados, tendo zerado os estoques anteriores.

De acordo com o gerente de Acesso à Inovação e Tecnologia do Sebrae, Enio Pinto, o selo de certificação, além de oferecer mais segurança ao consumidor, amplia oportunidades de mercado aos fabricantes. “Esse é um processo didático, que mostra ao empresário a necessidade da certificação de seus produtos”, afirma.

Além da orientação assistida ao empresário quanto à implantação das adequações, o Sebrae oferece apoio por meio do Sebraetec. Ao participar do programa, o empreendedor recebe consultoria especializada que identifica as necessidades e prioridades da empresa. O programa também oferece subsídios de até 90% para implementação de inovação e tecnologia nas empresas. A instituição ainda disponibiliza o Bônus Certificação do Sebrae, um subsídio para processos de avaliação da conformidade.

Os requisitos de avaliação da conformidade para berços infantis estão disponíveis no site do Inmetro (www.inmetro.gov.br).

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

20 de Outubro de 2017

Turismo impulsiona o desenvolvimento de Morro Redondo

SAIBA MAIS

 

20 de Outubro de 2017

Seminário sobre a Junta Digital ocorre em Lajeado

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 20/10/2017 12:01

Seminário Crescer Sem Medo debate mudanças do Simples Nacional

Sebrae RS Podcast 18/10/2017 16:36

Projeto Costa Doce Natureza promove rodada de negócios