Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI consultoria credito Boas praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Notícias

Ijuí e o empreendedorismo em ascensão

14/07/16

Da Redação

COMPARTILHE

A quantidade de formalizações de microempresas e Microempreendedores Individuais no município é maior que de empresas de outros portes

Da Redação

Empreendedorismo está em alta em Ijuí (Foto: Banco de Imagens)

Ijuí – O empreendedorismo está em alta. Em 2016, o número de estabelecimentos na categoria Microempreendedores Individuais (MEIs) chegou a 3.501 e 3.198 na categoria microempresa. As informações são da Receita Federal do Brasil e constam com destaque no trabalho Perfil das Cidades Gaúchas, uma publicação digital exclusiva, elaborada pelo SEBRAE/RS. Neste material, há uma compilação de 45 indicadores econômicos, populacionais, educacionais, de consumo e de saúde que está organizado em gráficos e comparativos, disponíveis no site do SEBRAE/RS.

A categoria MEI, que têm faturamento de até R$ 60 mil/ano, tem um significado bastante relevante na economia nacional. “Nesse tipo de negócio, pode-se ter até um funcionário e temos visto em todo o Brasil que se trata de uma iniciativa comum entre pessoas que perderam o emprego e buscam ter renda na forma do empreendedorismo”, avalia a técnica da Gerência de Gestão Estratégica do SEBRAE/RS, Andréia Grätsch do Nascimento, responsável pelo projeto Perfil das Cidades Gaúchas.

Como complemento dos dados de formalização de empresas, pode-se também observar que o perfil demográfico de Ijuí mostra grande mudança em apenas 14 anos. “A população com mais de 70 anos cresceu 45%, passando de 4,95% da população do município para 7,2%. A população entre 15 anos e 69 anos, em que se concentram a maioria dos trabalhadores, cresceu 6%; e a população até 14 anos diminuiu 24%”, comenta Andréia. Os dados são fornecidos pela FEE.

O trabalho completo do SEBRAE/RS foi realizado como uma potencial ferramenta que pode ajudar na tomada de decisões sobre rumos e investimentos tanto de governos quanto da área empresarial. “O SEBRAE/RS vem atuando fortemente em programas de políticas públicas para estimular o desenvolvimento dos municípios”, comenta André Campos, gerente de Gestão Estratégica do SEBRAE/RS. “O Perfil das Cidades Gaúchas pode sustentar argumentos para estratégias que levam à melhoria de ambiente da economia, da saúde e da educação e torná-lo mais propício para as micro e pequenas empresas e para toda a comunidade”, destaca.

A origem do mapeamento

O Perfil das Cidades começou a ser elaborado como piloto em julho de 2015 para as regionais “Sul” e “Campanha e Fronteira Oeste” do SEBRAE/RS. As primeiras publicações foram entregues para os municípios dessas regiões, que já estão participando de um programa de desenvolvimento regional e estão auxiliando na tomada de decisões das lideranças e do poder público. “A partir de uma base de indicadores em comum, decidimos estender o levantamento a todos os 497 municípios do Estado. São informações provenientes de diversas fontes e alguns divulgados publicamente pela primeira vez no Estado, como é o caso dos indicadores de potencial de consumo e de compras públicas”, detalha a técnica. Os dados serão atualizados anualmente e acrescidos de novos indicadores, sempre que forem relevantes para a análise completa das cidades.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

18 de Agosto de 2017

Oportunidades para a horticultura no Salão do Empreendedor

SAIBA MAIS

 

18 de Agosto de 2017

Conexões para inovar

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 17/08/2017 16:25

Salão do Empreendedor ocorre durante a Expointer

Sebrae RS Podcast 15/08/2017 10:40

Aprenda a usar o WhatsApp como ferramenta de marketing