Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei Credito mei consultoria boas praticas

Loading SEBRAE

Franquias

Modelos Organizacionais

Redes x Franquias x Empresas individuais. Quais as diferenças de desempenho.

27/12/17
Túlio Josué Pinheiro dos Santos

Túlio Josué Pinheiro dos Santos

Coordenador Estadual de Franquias e Redes Cooperação do SEBRAE RS

COMPARTILHE
A forma como as empresas se posicionam no mercado define seu desempenho e pode, por consequência, aumentar suas chances de sobrevivência.

Sempre falamos que as pequenas empresas devem ser competitivas no mercado, devem sempre buscar por inovações e diferenciação para sobreviver e, o mais importante, fazerem isso juntas, de forma unida. É aquele velho ditado: “juntos somos mais fortes”. Mas, até quando trabalhar junto é uma boa escolha? Como saber que o desempenho das empresas pode ser melhor se estiver conglomerada em algum modelo de organização empresarial? São todos os aspectos que melhoram quando estão inseridas em algum modelo organizacional? De fato, são perguntas complexas, mas que podem ser comparadas.

Em um estudo recente elaborado por Wegner, Callado e Agnes em 2014 foi possível estabelecer critérios, ou melhor, dimensões para comparar o desempenho das empresas que se agrupam em redes de cooperação, franquias e empresas individuais. A ideia do estudo foi identificar quais dimensões, das cinco analisadas, se sobressaem quando comparadas com outras, para tentar achar os melhores modelos para atuação no mercado. Vale ressaltar, que este estudo foi argumentado tendo como base uma amostra de resultados não probabilístico e que a decisão de atuação para seguir em qualquer modelo organizacional deve vir do empresário e analisado bem qual melhor modelo para sua empresa/perfil.

Assim, foi possível identificar o desempenho e comparar os modelos organizacionais baseado nas seguintes dimensões: satisfação do cliente, satisfação dos funcionários, lucratividade, crescimento e responsabilidade social e ambiental. Com isso, verificou-se que o desempenho das empresas organizadas em franquias foi superior em diversas dimensões de desempenho quando comparadas com empresas individuais e redes de cooperação. Estas últimas também tiveram desempenho superior quando comparadas com as empresas individuais.

Assim, foi possível verificar que as franquias possuem uma média geral de desempenho mais alta que as empresas participantes de redes, ou seja 3,81 contra 3,66 respectivamente. Assim como as redes possuem a média geral mais alta com relação às empresas individuais 3,66 contra 3,38 respectivamente. Para avaliar se há diferenças estatisticamente significativas de desempenho entre as empresas que atuam no mercado participando de redes, de franquias ou que atuam individualmente, realizou-se teste comparativo da média geral de desempenho no quadro abaixo.

 

 

Com isso, foi possível perceber que não houve diferenças significativas comparando o desempenho das empresas participantes de redes e franquias, porém quando analisados com as empresas individuais é possível perceber que o modelo de atuação de redes e franquias define um desempenho superior, dada as cinco dimensões.

Assim, podemos compreender que a forma como as empresas se posicionam no mercado define seu desempenho e pode, consequentemente, aumentar suas chances de sobrevivência. Incentivar esses modelos de atuação ajudam a manter as pequenas empresas mais competitivas no mercado. Ademais, ações para ampliar esse conhecimento as micro e pequenas empresas faz-se necessário para que os empresários possam escolher seu melhor modelo, dentro de suas possibilidades.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Veja Mais

Redes de Cooperação

Ação conjunta

Agrocooperação: a união que traz melhorias

Redes de Cooperação

Dados estratégicos

Redes, sua representatividade no RS e seus gargalos

Redes de Cooperação

Indicadores de desempenho

Medição de Desempenho em redes de cooperação

Notícias

18 de Abril de 2018

Sebrae RS promove rodada de negócios na 13ª Envase Brasil

SAIBA MAIS

 

18 de Abril de 2018

Sala do Empreendedor de Torres estipula metas para diminuir burocracia

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 17/04/2018 17:07

Sebrae lança projeto para apoiar MPEs na área da saúde

Sebrae RS Podcast 16/04/2018 16:45

Missão empresarial participa de feira industrial Alemanha