Loading SEBRAE

Mais buscados: sei Credito consultoria boas praticas empretec

Loading SEBRAE

Energia

Diminua os custos

Comércio pode reduzir o custo com a conta de luz

05/07/17
Luis Guilherme Menezes

Luis Guilherme Menezes

Gerência Setorial da Indústria

COMPARTILHE
Em geral, em uma instalação comercial há dois grandes consumidores de energia: iluminação e geração de frio, seja ar-condicionado ou balcões de refrigeração de perecíveis

Um dos principais custos do varejo, a conta com energia elétrica pode ser reduzida significativamente se o lojista adotar uma série de medidas eficazes. O primeiro passo é entender de onde está vindo o custo de energia.

Basta listar todos os equipamentos do ponto de venda e os outros itens que consomem energia, traçando um mapa do consumo mensal. De posse dessas informações, é hora de buscar formas de reduzir o consumo e, se possível, contratar consultorias especializadas em elaborar esses planos.

Em geral, em uma instalação comercial, há dois grandes consumidores de energia: iluminação e geração de frio, seja para o ar-condicionado ou balcões de refrigeração para conservar alimentos perecíveis – pontua Paulo Milano, diretor da Siclo Consultoria em Energia.

Substituir lâmpadas antigas pelas de LED é uma boa opção. Além de serem mais eficazes, Milano explica que, como geram menos calor, o sistema de refrigeração passa a exigir menos energia para manter a temperatura. Outras medidas simples, como o tipo de luminária, sua posição correta e a própria limpeza, condições importantes para manter um bom fluxo luminoso.

A diferença no consumo energético entre as opções de iluminação pode ser percebida no gasto a cada hora. Uma lâmpada incandescente de 60W, por exemplo, consome a mesma energia que uma luminária LED de apenas 4,5W. Isso representa uma economia de 55,5W a cada hora – exemplifica Matheus Nunes Ribeiro, consultor da área de estratégia e inteligência de mercado da Ludfor Consultoria em Energia.

38_energia_comercio

Para moderar a despesa com o ar-condicionado, recomenda-se a troca de aparelhos antigos pelos modernos, com tecnologia mais eficiente, assim como manutenção e limpeza dos filtros, indispensáveis para obter resultados compensadores.

Também é preciso verificar os equipamentos que dissipam muito calor e avaliar a quantidade ideal de condicionadores de ar para cada ambiente. A melhor forma de economizar sem necessidade de fazer um investimento em equipamentos, recomenda Ribeiro, é fazer o uso inteligente da energia, com o gerenciamento correto quanto à forma que é utilizada.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

15 de Dezembro de 2017

Empresas da saúde conquistam resultados com projeto do Sebrae RS

SAIBA MAIS

 

14 de Dezembro de 2017

Sebrae RS disponibiliza conteúdo online gratuito

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 15:14

Palestra traz impactos de novo sistema para pequenas empresas

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 11:48

Pizzaria se moderniza inspirada em poesia, com apoio do Sebrae