Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria Boas Praticas empretec

Loading SEBRAE

Notícias

Empresas desenvolvem cardápios em braile

Ação do SEBRAE RS em parceria com a Escola Louis Braille já possibilitou a três estabelecimentos incluirem o material traduzido em suas lojas

10/02/17

Da Redação

COMPARTILHE
Empresários apresentam o cardápio em braile ao lado da gestora do SEBRAE RS, Jussara Argoud (Foto: SEBRAE/RS)

Empresários apresentam o cardápio em braile ao lado da gestora do SEBRAE RS, Jussara Argoud (Foto: SEBRAE RS)

Pelotas – Uma ação estimulada pelo Projeto Polo Gastronômico, desenvolvido pelo SEBRAE RS, está possibilitando para um grupo de empreendedores de Pelotas aumentar o seu público a partir de uma ação inclusiva. Desde janeiro, as empresas Cavalo Branco, Circulu’s Lanches e Imperatriz Doces Finos disponibilizam seus cardápios traduzidos para a linguagem braile. A iniciativa foi implantada em parceria com a Escola Louis Braille.

A técnica da Regional Sul do SEBRAE RS Jussara Cruz Argoud conta que a ação atende à Lei Federal 13.146, de 6 de julho de 2015, que assegura que toda pessoa com deficiência tenha direito à cultura, ao esporte, ao turismo e ao lazer em igualdade de oportunidades. “Porém, a acessibilidade ainda é exceção. A partir dessa realidade, fizemos a proposta para as empresas integrantes do Polo para traduzirem os seus cardápios”, conta.

Para que o projeto fosse possível, a parceria com a Escola Louis Braille foi fundamental. “A escola tem interesse em oferecer essa oportunidade para seus alunos, então foi um desejo das duas partes. As professoras fizeram a tradução de todo o material”, ressalta Jussara. A técnica reforça também que a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, aprovada em 2015, deve ser cumprida da forma mais ampla possível.

Os primeiros três estabelecimentos a receber o material traduzido já estão operando com a novidade. A Imperatriz Doces Finos, empresa familiar no ramo desde 1997, oferece os tradicionais doces de Pelotas em seu cardápio. O proprietário, David Lubke Jeske, explica que essa já era uma demanda observada na loja, hoje instalada no Mercado Público. “Recebemos muitos clientes que não podem ler o cardápio, era necessário sempre ajudá-los. Então, essa foi uma grande oportunidade para atendê-los melhor”, comenta. Após consultorias e treinamento, os novos cardápios entraram em circulação e, conforme Jeske, já foi possível sentir o impacto da novidade. “Esses clientes têm mais autonomia e isso é muito bom. Além disso, observamos inclusive que esse público aumentou”, finaliza.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

16 de Fevereiro de 2018

Programa auxilia propriedades a organizar rotinas de trabalho

SAIBA MAIS

 

15 de Fevereiro de 2018

Ferramentas online para o agronegócio

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 16/02/2018 11:12

Conexão da Moda tem inscrições abertas para lojas do setor

Sebrae RS Podcast 15/02/2018 11:05

Projeto busca aproximação entre varejo e indústria de moda no RS