Loading SEBRAE

Mais buscados: SEI CONSULTORIA Credito Boas praticas Empretec

Loading SEBRAE

Institucional

Mobilização para fortalecer as micro e pequenas empresas do Estado

Carlos Rivaci Sperotto

Carlos Rivaci Sperotto

Presidente do Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE RS

COMPARTILHE

O SEBRAE RS atua como um importante agente promotor da competitividade e do desenvolvimento sustentável dos negócios no Rio Grande do Sul. Para isso, propomos uma sólida união das instituições públicas e privadas em torno do fortalecimento das micro e pequenas empresas (MPEs). É fundamental para o equilíbrio social contarmos com pequenos negócios fortes e sustentáveis que contribuam para a prosperidade do nosso Estado, que apresenta raízes na tradição do empreendedorismo, herdada de nossos antepassados que aqui aportaram e fizeram deste um dos mais pujantes Estados do Brasil.

É de suma importância estimular o desenvolvimento regional do Rio Grande do Sul, fazendo com que os municípios se unam em torno de ideias comuns de avanço e progresso, deixando de lado diferenças que, muitas vezes, impedem o crescimento do Estado. E isso exige protagonismo local, com lideranças fortes e empreendedoras, que atuem de forma integrada. Por isso, vamos reforçar a nossa atuação em todas as regiões gaúchas, onde estamos presentes.

É chegada a hora do Rio Grande do Sul voltar a crescer. Precisamos formular políticas públicas que estimulem o empreendedorismo. O SEBRAE RS já realiza uma série de ações neste campo, buscando incrementar o fortalecimento dos pequenos negócios. São iniciativas como os programas LÍDER – Liderança para o Desenvolvimento Regional; Compras Governamentais para Micro e Pequenas Empresas; além da REDESIM e da ampliação dos benefícios que a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas disponibiliza, por meio da ampliação do número de municípios gaúchos com a legislação implementada e com novos agentes de desenvolvimento atuando no Estado.

Todas estas ações que promovemos buscam melhorar o ambiente legal para os pequenos negócios. Elas tornam as MPEs mais competitivas na formalidade, gerando mais emprego e renda de forma descentralizada, criando oportunidades e estímulo ao empreendedorismo. Visam, especialmente, a diminuição da burocracia para abertura e fechamento de empresas, a redução da carga tributária das MPEs, a facilidade de acesso ao crédito e a crescente participação nas compras públicas do Poder Executivo estadual e dos municípios.

O SEBRAE RS, em parceria com a FARSUL e o SENAR/RS, promove o desenvolvimento das principais cadeias produtivas do agronegócio gaúcho, por meio do Programa Juntos para Competir. É uma iniciativa que fortalece a gestão empresarial, disponibiliza inovações tecnológicas e permite agregação de valor dos produtos comercializados pelos empreendedores do campo. Iniciado em 2003, o Juntos para Competir atendeu, nos últimos três anos, através de projetos de longa duração, que possibilitam a capacitação técnica, financeira e comercial dos participantes, cerca de 12 mil produtores rurais. É, sem dúvida, um dos pilares que podem alavancar, ainda mais, o empreendedorismo rural, dando grande contribuição para o fortalecimento da economia gaúcha.

Outro aspecto que entendemos de grande relevância no resgate da força econômica do Rio Grande do Sul é o investimento na educação empreendedora. Hoje, é fundamental pensarmos em educação empreendedora quando falamos de formação de jovens para entrar no mercado de trabalho. Acreditamos que pessoas com cultura empreendedora são as que movem o mundo, transformam os recursos existentes, o conhecimento em bens e serviços que atendem necessidades e melhoram a qualidade de vida das pessoas.

Vamos ao encontro de 10 mil potenciais empreendedores através de cerca de 200 instituições, como Escolas, Universidades e Organizações Não-Governamentais (ONGs). Acreditamos que escolas e universidades podem se transformar em berços do empreendedorismo. Preparando professores e alunos, promoveremos uma mudança de cultura e, também, ofertamos uma visão empreendedora que serve para a vida de todos.

As MPEs totalizam 99% dos empreendimentos existentes no Brasil, e, respondem pelo maior número de empregos formais. São o motor da economia dos municípios e a principal fonte de renda das famílias. E é para os empreendedores que devemos olhar, de forma igualitária em todos os setores (Agronegócio, Comércio e Serviços, e, Indústria), atentamente nos próximos anos.

A Diretoria Executiva da gestão 2015-2018 do SEBRAE RS está composta pelo diretor-superintendente Derly Cunha Fialho; diretor técnico, Ayrton Pinto Ramos; e diretor de administração e finanças, Carlos Alberto Schütz, todos com comprovada experiência em instituições voltadas para o desenvolvimento.

São dirigentes oriundos do Agronegócio, Comércio e Serviços e Indústria, o que representa, na prática, o nosso ideal de fazermos uma união de forças positiva em favor do crescimento do Rio Grande do Sul. Eles serão os responsáveis por comandar mais esta desafiadora empreitada da instituição, na qual se inclui o atendimento a 180 mil pequenos negócios ao longo deste ano.

Sabemos que sozinhos podemos ir mais rápido, mas, que juntos iremos mais longe. Conto com o indelegável apoio dos agentes governamentais, formuladores de políticas públicas, e, com você, empreendedor, para concretizarmos esta virada positiva no Estado do Rio Grande do Sul!

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

19 de Setembro de 2017

Gaúchas que serão destaque no Cachaça Trade Fair 2017

SAIBA MAIS

 

18 de Setembro de 2017

Mercopar recebe inscrições para as Rodadas de Negócios até quarta-feira

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 19/09/2017 15:36

Cachaçarias gaúchas participam de feira em São Paulo

Sebrae RS Podcast 18/09/2017 11:22

Empreendedoras criam calcinha que dispensa uso de absorvente