Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito CONSULTORIA Boas Praticas empretec

Loading SEBRAE

Economia Criativa

Conheça os desafios

Entenda as principais dificuldades de quem começa um negócio de impacto social

10/01/17
Túlio Josué Pinheiro dos Santos

Túlio Josué Pinheiro dos Santos

Coordenador Estadual de Franquias e Redes Cooperação do SEBRAE RS

COMPARTILHE
"Quando entra o investidor é a hora de arrumar a casa. A governança da empresa avança muito e em pouco tempo, por isso é preciso muita organização e paciência."

A vida do empreendedor não é fácil. Nos negócios de impacto social, ela acaba ficando um pouco mais complicada. Trata-se daquelas empresas que pretendem resolver um problema da sociedade e ainda pensam em escalabilidade e rentabilidade. Depois de passar por diversos pitches, ter um projeto aprovado e receber o dinheiro, é comum que o recurso sirva principalmente para melhorar o ambiente.

– Quando entra o investidor é a hora de arrumar a casa. A governança da empresa avança muito e em pouco tempo, por isso é preciso muita organização e paciência – avalia o coordenador de projetos de aceleração da Artemisia, Fábio Sato.

A principal dificuldade é lidar com os diversos números de processos que devem ser gerenciados ao mesmo tempo. Se você ainda não tem preocupações com marketing, vai precisar desenvolver um plano de comunicação. A contabilidade precisará ser ajustada e o controle financeiro será maior. A equipe está pequena? Será necessário analisar currículos, fazer seleções, contratar e deixar todas as questões trabalhistas em ordem.

72_1213_-gcomgind_economiacriativa_impactosocialdificuldades_840x415

Outro elemento muito importante é a dificuldade das empresas de lidarem com vendas. Os investidores esperam que a empresa comece a ter algum tipo de lucro e sustentabilidade logo. Nesse ponto, depende muito das características do empreendedor fazer o negócio dar certo. De acordo com Sato, raramente as vendas funcionarão somente contratando pessoas. É necessário ter um acompanhamento direto do setor e colocar sua característica pessoal.

Se o cenário de dificuldades se concretiza, é o momento para buscar ajuda. Cada vez mais surgem empresas especializadas em startups e negócios inovadores nas mais diversas áreas. Escritórios de contabilidade, agências de assessoria de imprensa e empresas de infraestrutura tecnológica costumam oferecer seus serviços em eventos voltados a esse nicho. O empreendedor também pode contar com o apoio do SEBRAE RS, que oferece modalidades de cursos, palestras, oficinas e consultorias adequadas a diferentes áreas e etapas do desenvolvimento de um negócio.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

16 de Fevereiro de 2018

Programa auxilia propriedades a organizar rotinas de trabalho

SAIBA MAIS

 

15 de Fevereiro de 2018

Ferramentas online para o agronegócio

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 16/02/2018 11:12

Conexão da Moda tem inscrições abertas para lojas do setor

Sebrae RS Podcast 15/02/2018 11:05

Projeto busca aproximação entre varejo e indústria de moda no RS