Loading SEBRAE

Mais buscados: Sei credito consultoria boas praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Notícias

Economia Criativa: bons negócios para todos

10/03/16

Da Redação

COMPARTILHE

Inscrições estão abertas e centralizadas na regional Serra Gaúcha, em Caxias do Sul

Da Redação

Arquitetos e músicos são alguns dos profissionais que podem aderir ao programa do SEBRAE/RS (Foto: Banco de Imagens)

Caxias do Sul – Uma cafeteria onde não há preços nos cardápios. O consumidor decide quanto irá pagar. No mundo dos negócios tradicionais, essa forma de remuneração parece muito estranha, mas na chamada Economia Criativa, o efeito não só atrai ainda mais clientes, como também gera uma certa avaliação da qualidade dos produtos e do atendimento. Pois essa iniciativa e outras possibilidades de diferenciação de pequenas empresas serão estudadas e projetadas durante a realização do Programa de Apoio à Economia Criativa 2016, a ser realizado pelo SEBRAE/RS, na regional Serra Gaúcha, a partir de julho. As inscrições para empreendimentos interessados estão abertas e são 40 vagas ao todo. Informações pela Central de Relacionamento SEBRAE: 0800.570.0800.

Para a gestora do SEBRAE/RS na região Márcia Fernanda Mendes, o Programa específico para as empresas da economia criativa é uma iniciativa que repercute cada vez mais entre empreendedores. “A inovação e a criatividade são questões que precisam de constante motivação. Os empreendedores contemporâneos estão cientes das mudanças na sociedade e isso ajuda a planejar estratégias diferenciadas para o sucesso nos negócios”, diz ela.

Contudo, é preciso entender diferentes elementos que compõem a gestão de empresas, como acompanhamento de indicadores, conhecimentos diversos, participar de visitas técnicas e até mesmo viagens, como a Missão ao Rio de Janeiro, na zona portuária, onde há um polo de economia criativa já consolidado. “O Programa do SEBRAE/RS foi estruturado para dar condições aos participantes de se destacarem em suas áreas. São dois anos de trabalho, incluindo capacitações e consultorias, com a empresa Semente, experiente em treinamento de empreendedores”, completa Márcia.

Ao longo das atividades do Programa de Apoio à Economia Criativa deverão ocorrer sete encontros de uma hora por empresa para aperfeiçoamentos em temas como “modelagem de negócios e estratégia”, “descoberta de clientes e posicionamento”, “gestão comercial” e “apresentação do negócio (pitch)”. “É bastante interessante a diversidade do perfil de empresas que já estão inscritas. Há estúdios de fotógrafo, arquitetos, empresas de eventos, decoração e até mesmo um espaço cultural. O fato de o Programa ocorrer em Caxias do Sul, não impede que empresas de outros municípios participem”, comenta a gestora.

Entre as capacitações, devem constar módulos de conteúdos variados, como História de Vida, Propósito e Carreira, Mercado Criativo, Desenvolvendo o Negócio, Oficina de Pitch e Plano de Voo e Evento de Encerramento.

Empreendedores tiram ideias do papel

Na edição anterior do Programa, encerrada em 2015, os empresários manifestaram satisfação pelos resultados com as consultorias. A implementação de algumas mudanças na gestão deverá gerar frutos como diferenciação no mercado e atração de clientes. “A vontade de fazer produtos com resíduos têxteis era antiga, mas foi a partir do programa de Economia Criativa que consegui tangibilizar essa ideia e realmente montar o projeto e dar início ao trabalho. Primeiramente, fui levada a descobrir que realmente essa era a minha vontade, e depois, que era possível fazer disso um negócio”, conta Katia Kayser, diretora da Studio Katia K.

Na mesma linha, relata Giacarlo Borsoi, da Sabor Saudável: “O projeto trouxe muitas coisas positivas tanto para minha empresa como pessoalmente! Me mostrou uma nova forma de avaliar o negócio, trouxe novas ferramentas para gerir quase todas as áreas. Enfim, trouxe uma nova visão sobre pessoas e sobre o mercado”, acredita ele.

A gestora Márcia reforça a informação de que a diversidade de tipos de empreendimentos ajuda ao Programa. “Muitas trocas de experiências ocorrem nos eventos conjuntos. Qualquer empresa que se enquadre no conceito de Economia Criativa pode participar”, finaliza.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

23 de Novembro de 2017

Workshops sobre ervas medicinais são novidades no Caminho Pomerano

SAIBA MAIS

 

23 de Novembro de 2017

Licenciamento sanitário é tema de oficina em Santa Maria

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 20/11/2017 15:42

SEBRAE promove rodada de negócios em Passo Fundo

Sebrae RS Podcast 17/11/2017 18:31

Sebrae promove seminário sobre gestão de pessoas nos negócios