Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito Consultoria Boas Praticas empretec

Loading SEBRAE

Notícias

Desafio Hackathon em busca de soluções na Mercopar

06/10/16

Da Redação

COMPARTILHE

Estudantes terão que presentar propostas para resolver um dos grandes problemas que atinge a indústria na atualidade: a dificuldade em obter financiamento

Da Redação

Resultados serão apresentados nesta sexta-feira (Foto: Edu Rocha)

Caxias do Sul/RS – Troca de conhecimento, networking e a gratificante certeza de atuar em um contexto de inovação propondo solução de problemas. Movidos por esse conjunto de sensações, o projetista Guilherme Granzotto, 24 anos, e a vendedora Cristiane Helena Martinez, 31, decidiram aceitar o desafio de apresentar propostas para resolver um dos grandes problemas que atinge a indústria na atualidade: a dificuldade em obter financiamento coletivo. Eles integram uma das ações promovidas no Salão da Inovação na 25ª Mercopar, o Desafio Hackathon Serra.

Com apoio de várias entidades e empresas da região de Caxias do Sul, foi iniciada, antes da feira, uma pesquisa para que as indústrias apontassem os principais problemas que dificultam seu crescimento. “Esses dados foram cruzados e identificamos os dez problemas mais frequentes e, deste total, elegemos um. Este foi lançado em forma de desafio para que os participantes direcionassem a solução durante a feira”, explica a consultora do SEBRAE/RS Geraldine Fonseca, que coordena o Desafio Hackathon Serra. Desde o primeiro dia eles desenvolvem estratégias e buscam cases reais na própria Mercopar. “Muitas empresas não conseguem financiamento porque exigem delas proporções que ainda não alcançam. O financiamento coletivo pode ser o caminho para amenizar essa realidade”, diz Geraldine.

De acordo com Granzotto, a dificuldade em obter financiamento é algo que existe para a maioria das empresas. “Em maior ou menor grau, mas existe”, afirma o projetista. Essa conclusão foi possível com a saída “a campo” entre os expositores da Mercopar. Junto com Cristiane, ele entrevistou empresários, ouviu o relato de suas dificuldades e, na tarde de quinta-feira (06), os dois trabalhavam na criação de uma proposta. “Fez parte do desafio apresentar possibilidades aos entrevistados, para sentir se a solução que eles estudam é realmente viável”, comenta Geraldine.

Cristiane avalia a proposta da Mercopar como excelente porque possibilita crescimento, de todos os ângulos: de quem pesquisa e identifica problemas e dos empresários que apresentam o cenário podendo se beneficiar a curto ou longo prazo da inovação. A proposta de solução deve ser apresentada nesta sexta-feira, 7 e outubro, último dia da Mercopar.

A Mercopar é realizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul (SEBRAE/RS) e Hannover Fairs Sulamérica, empresa do Grupo Deutsche Messe AG. Mais informações sobre a Mercopar podem ser obtidas no site www.mercopar.com.br.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

23 de Novembro de 2017

Workshops sobre ervas medicinais são novidades no Caminho Pomerano

SAIBA MAIS

 

23 de Novembro de 2017

Licenciamento sanitário é tema de oficina em Santa Maria

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 23/11/2017 17:09

Projeto Conexão Saúde RS apoia indústrias do setor

Sebrae RS Podcast 20/11/2017 15:42

SEBRAE promove rodada de negócios em Passo Fundo