Loading SEBRAE

Mais buscados: sei CREDITO mei Consultoria Boas Praticas

Loading SEBRAE

Notícias

Demora na liberação de alvarás é tema de debate entre SEBRAE/RS e Frente Parlamentar

22/10/15

Da Redação

COMPARTILHE

Café da manhã na Assembleia Legislativa reuniu entidades e deputados e discutiu mudanças na classificação de risco para as pequenas empresas

Da Redação

Carlos Sperotto destacou a parceria entre o SEBRAE/RS e a Frente Parlamentar (Foto: Eduardo Rocha)

Porto Alegre – Um dos principais entraves para a abertura de empresas na capital gaúcha e no Estado é a demora na liberação de alvarás, especialmente por parte do Corpo de Bombeiros, no que diz respeito ao Plano de Proteção e Prevenção Contra Incêndio (PPCI). Esse foi o tema debatido no segundo Café da Manhã da Frente Parlamentar das Micro e Pequenas Empresas, promovido nesta quinta-feira pelo SEBRAE/RS e Assembleia Legislativa.

O presidente do Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE/RS, Carlos Sperotto, destacou que a instituição é parceira da Frente Parlamentar e tem a meta de unificar as proposições sobre o tema. “Queremos transformar as sugestões de todos os envolvidos em um ato único que possa facilitar a vida dos empreendedores. E este encontro é mais um passo importante para simplificar o registro e desativação de empresas”, afirmou.

O diretor-superintendente do SEBRAE/RS, Derly Fialho, ressaltou que a instituição, a Frente Parlamentar e a Secretaria Estadual de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (SDECT) estão trabalhando para tornar a legislação menos restritiva. “Estamos engajados em propor melhorias para a chamada Lei Kiss. Além disso, outro gargalo é o licenciamento ambiental, que é demorado e burocrático. Um estado como o Rio Grande do Sul necessita crescer e se desenvolver e precisamos criar um ambiente adequado às empresas”, ressaltou.

Para o coordenador e presidente da Frente Parlamentar, deputado Tiago Simon, o ambiente de negócios no Brasil ainda está muito distante de um cenário que favoreça o empreendedorismo. Ele disse que a Frente trabalha com o Corpo de Bombeiros para flexibilizar a legislação atual e criar regras especiais para os pequenos negócios, a exemplo do que ocorre em outros Estados. “A classificação de risco para as pequenas empresas no Rio Grande do Sul ainda é muito elevada. Outros Estados são mais flexíveis e menos rigorosos, com o mesmo nível de segurança”.

Em sua palestra durante o evento, o consultor técnico do SEBRAE Nacional, Márcio Minoru, destaca dois pontos para diminuir o prazo de abertura de empresas. Primeiro, ele defende o reforço na implantação da REDESIM nos municípios gaúchos, por ser um processo integrado e que vai criar um banco de dados para todos os órgãos envolvidos. Segundo, a necessidade de mudanças na classificação dos negócios de alto e baixo risco. “Dessa forma, vamos dar foco nas vistorias prévias para os empreendimentos de risco mais elevado. Em São Paulo, mais de 90% são de baixo risco. Se isso acontecer aqui, essa mudança de modelo vai proporcionar bons resultados e ainda vai aumentar a segurança”, salientou.

Também participaram do encontro o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Édson Brum; o ex-senador Pedro Simon; o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Fábio Branco, representando o governo estadual; o presidente da Fecomércio/RS, Luiz Carlos Bohn, e o gerente de Políticas Públicas do SEBRAE/RS, Alessandro Machado, além de deputados e representantes de entidades empresariais.

As fotos do Café da Manhã da Frente Parlamentar estão disponíveis no nosso canal do Flickr.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

18 de Abril de 2018

Sebrae RS promove rodada de negócios na 13ª Envase Brasil

SAIBA MAIS

 

18 de Abril de 2018

Sala do Empreendedor de Torres estipula metas para diminuir burocracia

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 17/04/2018 17:07

Sebrae lança projeto para apoiar MPEs na área da saúde

Sebrae RS Podcast 16/04/2018 16:45

Missão empresarial participa de feira industrial Alemanha