Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria boas praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Notícias

Cadeia da lã em evidência no Salão do Empreendedor

Espaço da ovinocultura no Salão do Empreendedor surpreende o público com sua indústria ativa

02/09/17

Da Redação

COMPARTILHE

Esteio – O mercado da lã sofreu uma desvalorização em sua comercialização devido aos baixos custos dos tecidos sintéticos derivados do petróleo, já que produtos, principalmente roupas, produzidas com lã pura chegam a custar quatro vezes mais. Para valorizar o que é feito no Estado e apresentar os diferenciais de um produto feito com lã natural, o Salão do Empreendedor conta com um espaço totalmente dedicado a esse nicho.


Espaço dedicado à lã no Salão do Empreendedor (Foto: Giovani Vieira)

O Rio Grande do Sul é responsável por, aproximadamente, 92% da lã produzida no Brasil, sendo os munícipios de Santana do Livramento, Alegrete e Quaraí os que concentram as maiores produções de ovinos. Diferente dos produtos sintéticos, a lã pura oferece uma série de benefícios quando utilizada na indústria têxtil. Por reagir às mudanças de temperatura do corpo, se torna mais confortável, tendo ainda a capacidade de absorver a umidade e o suor da pele. Outra curiosidade é sua elasticidade, que oferece maior movimento e durabilidade às roupas a longo prazo. Segundo Juliano Bolzoni, técnico de Agronegócios da regional Sul do SEBRAE/RS, o espaço visa, além de informar sobre mercado e processos que a lã passa desde a tosquia até seu destino final, desmistificar que ela sirva apenas para produzir roupas para as estações mais frias. “Aqui mostramos que a lã pode ser utilizada na indústria automotiva, na indústria da aviação e até mesmo para ternos e tecidos nobres”, explica Bolzoni.

O espaço vem surpreendendo quem passa por ele por revelar a lã como um produto tão nobre. O agrônomo César Magrim, de 50 anos, admirou-se ao saber que a indústria da lã ainda se mantem ativa no Estado. “Me chamou a atenção por ser um nicho de mercado mais restrito e por sabe que ainda temos uma indústria aqui no Rio Grande do Sul que processa esse nicho”, conta. Já para o produtor de ovinos Ricardo Serpa, de São Lourenço do Sul, o Programa Juntos Para Competir, uma parceria entre SENAR, FARSUL e SEBRAE/RS, mudou a sua vida e ajudou na cadeia produtiva ovina. “Vejo que esse programa está conseguindo mostrar a cadeia produtiva entre frigorífico, produtor e tecnologia. O mercado está totalmente aberto e o produtor pode acreditar na ovino”, afirma.

Público visitante tem demonstrado interesse na cadeia ovina (Foto: Giovani Vieira)

Salão do Empreendedor

O Salão do Empreendedor é uma iniciativa da FARSUL, do SENAR-RS e do SEBRAE/RS, através do programa Juntos para Competir, com parceria da Fecomércio/Senac-RS, SENAI-RS e apoio da Embrapa por meio das unidades Pecuária Sul, Uva e Vinho e Clima Temperado. Nesta edição da Expointer, considerada uma das principais feiras do setor agropecuário na América Latina, o Salão do Empreendedor tem sua programação orientada a partir dos sete segmentos selecionados por seu potencial de desenvolvimento no Rio Grande do Sul: Apicultura, Horticultura, Olivicultura, Ovinocultura, Pecuária de Corte, Leite e Vitivinicultura. Neste ano, todo conteúdo, atividades e atrações interativas proporcionados pelo Salão do Empreendedor estão relacionadas à ideia de mostrar as principais cadeias produtivas do Rio Grande do Sul com a perspectiva ‘do campo à mesa’. Dessa forma, o público conseguirá perceber a conexão do que é fornecido pelos produtores rurais, passando pelos meios de processamento até a oferta ao consumidor.

Com a inclusão da Fecomércio/Senac-RS, do Senai-RS e da Embrapa (apoio) ao grupo de entidades responsáveis pela organização do espaço e das atividades, o Salão torna-se mais completo. “A grande ideia é mostrar como se faz e o que está envolvido na produção de itens do dia a dia – detalhando cuidados, técnicas e tecnologia – e, claro, além disso, gerar oportunidades de negócios”, diz o presidente do Sistema Farsul e do Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE/RS, Carlos Rivaci Sperotto.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

23 de Outubro de 2017

Oportunidades de negócios para empresas do setor de energia

SAIBA MAIS

 

20 de Outubro de 2017

Turismo impulsiona o desenvolvimento de Morro Redondo

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 23/10/2017 10:55

Evento em Lajeado apresenta vantagens da Junta Digital

Sebrae RS Podcast 20/10/2017 12:01

Seminário Crescer Sem Medo debate mudanças do Simples Nacional