Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito consultoria boas praticas empretec

Loading SEBRAE

Apicultura

Própolis - Oportunidade de mercado

Está na hora de profissionalizar a produção de própolis no RS

04/12/17
Fabiano Nichele

Fabiano Nichele

Gerência Setorial do Agronegócio

COMPARTILHE
Está na hora de profissionalizar a produção de própolis no Rio Grande do Sul

Assim como aconteceu em 2014 e 2015, novamente o clima conspirou contra os apicultores do Rio Grande do Sul. Forneceu um inverno pouco rigoroso, sem necessidade de grandes manejos e com caixas muito fortes no ingresso da primavera, mas o que é o presságio de super-safra se converte num pesadelo quando as chuvas no meio da florada de primavera não dão trégua e todo o mel produzido nos dias de sol termina sendo consumido pelas abelhas para manter o tamanho dos enxames, diminuindo as expectativas econômicas dos apicultores. Contudo, as consequências econômicas dos apicultores nestas condições, também é reflexo da falta de diversificação nesta importante matriz produtiva, pois os indivíduos da colmeia que coletam néctar não são os mesmos que coletam própolis e pólen, possibilitando obter mais de um produto da colmeia ao mesmo tempo. Aliás, ao contrário do que acontece com a oferta de néctar que bloqueia com a chuva, as fontes de pólen e própolis são mais contínuas; ressaltando que estes produtos da colmeia podem ser facilmente colhidos, não precisam de maturação e não seriam consumidos pelas abelhas.

Atualmente, os apicultores gaúchos não encontram estímulos na produção de pólen e própolis por três motivos: o primeiro é a extensão apícola (que é pouca) destinada quase que exclusivamente à produção de mel, segundo é a falta de dados estatísticos que permitam demonstrar a produtividades de cada produto nos diferentes microclimas do estado e por último o baixo valor agregado dos produtos do nosso estado por falta de estudos científicos que demonstrem suas atividades biológicas, principalmente na saúde humana.

No caso da própolis, o mundo reconhece como própolis brasileiras unicamente as própolis verde e a vermelha, com preços do Kg de material bruto que chega aos R$ 200,00 e R$ 500,00, respectivamente. Já as própolis gaúchas têm valor reduzido pela falta de estudos. Segundo o Eng. Edson Jobim, da empresa apícola Zunn – Alimentos Saudáveis, a própolis em tira produzida no norte do estado (Cambará) está sendo comprada num valor de aproximadamente R$ 70,00 o Kg de material bruto e na própolis de raspagem do sul do estado se paga menos de R$ 30,00 por Kg, quando comprada.

Se levarmos em consideração que, em média, seria possível a produção de 1 Kg de própolis por colmeia, no valor de R$ 70,00 por Kg estaríamos produzindo economicamente o equivalente a 7 Kg de mel para comercialização a granel; porém, sem forcejar, com o maquinário composto por uma faca e um pote, sem mexer na estrutura interna colmeia e sem prejudicar a produção de mel.

Os estudos parciais do nosso grupo demostram que a própolis do norte do estado possui atividade biológica similar ou superior à da própolis verde e a própolis do sul apresenta atividades próximas da própolis vermelha. Então, por que o valor é tão baixo? A resposta é simples, enquanto nossas própolis não têm estudos, as própolis verde e vermelha possuem individualmente mais de 200 artigos publicados em revistas internacionais e muitos outros em revistas nacionais.

Nossa própolis é um diamante bruto, acho que está na hora de organizar este setor produtivo para lapidar melhor o produto, aumentando seu valor agregado e permitindo ao apicultor uma nova fonte de renda a ser trabalhada no apiário, concomitantemente com a produção de mel.

Prof. Dr. Andrés Delgado Cañedo
Universidade Federal do Pampa – Campus São Gabriel

Programa de Pesquisa e Extensão em Apicultura do Pampa (APIPAMPA)

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Notícias

15 de Dezembro de 2017

Empresas da saúde conquistam resultados com projeto do Sebrae RS

SAIBA MAIS

 

14 de Dezembro de 2017

Sebrae RS disponibiliza conteúdo online gratuito

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 15:14

Palestra traz impactos de novo sistema para pequenas empresas

Sebrae RS Podcast 15/12/2017 11:48

Pizzaria se moderniza inspirada em poesia, com apoio do Sebrae