Loading SEBRAE

Mais buscados: sei credito Consultoria Boas Praticas EMpretec

Loading SEBRAE

Notícias

A gestão chega aos desenvolvedores de games

22/06/15

Da Redação

COMPARTILHE

SEBRAE/RS apoia 20 desenvolvedores do Estado

Da Redação

Empresas desenvolveras de jogos serão qualificadas pelo SEBRAE/RS (Foto: Banco de Imagens)

Porto Alegre – O mercado de desenvolvimento de jogos é relativamente novo, mas já conta com muitas vitórias em terras gaúchas. Para auxiliar a expandir ainda mais o segmento, o SEBRAE/RS iniciou o Projeto de Games, que prevê capacitações e participação em eventos para estimular a gestão dessas empresas. As atividades já iniciaram e devem ser estendidas até 2016. A iniciativa conta com o apoio da Associação de Desenvolvedores de Jogos do Rio Grande do Sul (ADJogos).

O projeto surgiu a partir de uma demanda da ADJogos, entidade que reúne 32 associados no Estado. De acordo com a coordenadora estadual do Programa de TI e Startups do SEBRAE/RS, Débora Chagas, a parceria vai suprir uma lacuna de gestão. “Estamos focando em capacitações que possam estimular a administração das empresas, que são muito técnicas. É importante que eles desenvolvam um modelo de negócios, aliando, sempre, com à inovação”, disse.

A iniciativa conta com 20 desenvolvedores de jogos. As ações, que começaram em maio com o curso Empretec, englobam aspectos como design thinking (modelo de pensamento que vai além da necessidade de criar um produto ou serviço, identificando necessidades futuras), plano de negócios e as formas mais adequadas de apresentar um projeto para possíveis investidores. O gestor do projeto, João Neto, destaca que em mapeamento realizado entre a ADJogos e o SEBRAE/RS, identificou-se que era um segmento ideal para trabalhar. “É essencial capacitar e desenvolver esses empreendedores e seus modelos de negócio, pois trata-se de uma área que cresce a cada ano”, afirma.

O presidente da ADJogos, Carlos Idiart, comemora o fato de o Rio Grande do Sul ter alcançado resultados tão expressivos no setor. Com pouco mais de 2 anos e 32 associados, a entidade já é uma das maiores regionais do Brasil e auxiliou empresários a negociarem com gigantes desenvolvedores, como Sony e Samsung. “Temos trabalhado com diversas ações para fortalecer nosso mercado. Somos conhecidos no Brasil e no exterior, com a satisfação de sermos apenas desenvolvedores de jogos, ou seja, não precisamos atuar com atividades paralelas”, ressalta.

Criada a partir de uma parceria entre Alessandro Martinello, Conrado Testa, Luiz Alvarez e Vitor Leães, o estúdio Swordtales nasceu durante o projeto do jogo Toren, na época trabalho de conclusão de pós-graduação em games da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), em 2011. O desenvolvimento de um protótipo, no ano seguinte, resultou na formalização do negócio. Conforme conta o produtor Vitor Leães, durante um tempo, o Toren, que é um jogo 3D desenvolvido para PC, Mac e Playstation 4, foi desenvolvido sem nenhum tipo de investimento. “Foi então que decidimos tentar recurso da Lei Rouanet, ao qual tivemos aprovação em 2013. Fomos o primeiro estúdio de games a conseguir esse tipo de incentivo”, conta.

Mas não basta apenas talento criativo. É preciso, também, investir em gestão. Em 2014, a Swordtales participou de uma consultoria realizada pelo SEBRAE Nacional, e o relatório apontou a relevância de capacitações para estimular os gestores. “É importante termos essa visão empresarial. Por isso, logo em seguida fizemos o Empretec e, com esse novo projeto, participaremos de diversas atividades”, revela. O estúdio tem como objetivo de longo prazo adquirir uma base segura de produção. “Um jogo 3D pode levar dois anos para ser concluído, por isso queremos ter um portfólio maior para garantir maior rentabilidade entre um projeto e outro”, aponta.

Entre as iniciativas que serão colocadas em prática pelo projeto de games, o gestor João Neto destaca que “esse ano serão realizadas capacitações em modelagem de negócios, design thinking, investimento e participação na Bits, evento de tecnologia da informação e comunicação, para prospectar investidores”, finaliza. As atividades serão estendidas para 2016.

COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

22 de Novembro de 2017

Marcio Fernandes fala para empreendedores em Porto Alegre

SAIBA MAIS

 

22 de Novembro de 2017

Micro e pequenas empresas gaúchas já podem baixar a nova versão do aplicativo do Simples Nacional

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 20/11/2017 15:42

SEBRAE promove rodada de negócios em Passo Fundo

Sebrae RS Podcast 17/11/2017 18:31

Sebrae promove seminário sobre gestão de pessoas nos negócios