Loading SEBRAE

Mais buscados: sei Credito Consultoria BOAS PRATICAS Empretec

Loading SEBRAE

Notícias

70% das MPEs gaúchas esperam ampliar faturamento

18/10/12

Da Redação

COMPARTILHE

Novo índice lançado pelo Sebrae acompanha mensalmente a situação e as expectativas dos pequenos negócios sobre faturamento e empregos 

Da Redação
Conforme estudo, 30% das MPEs do Estado apresentaram alta no faturamento em agosto, na comparação julho
Porto Alegre – Cerca de 70% das micro e pequenas empresas do Rio Grande do Sul têm a expectativa de ampliar o seu faturamento até novembro, e 30% tiveram crescimento do faturamento em agosto deste ano em comparação ao mês anterior. Os resultados, divulgados na quarta-feira, 17 de outubro, fazem parte de uma pesquisa inédita e nacional do Se¬brae, realizada em conjunto com a Fun¬dação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). 
 
O estudo pretende acompanhar a situação e as expectativas sobre fatu¬ramento e ocupação em todos os seto¬res onde atuam microempreendedores individuais (MEI), microempresas e pequenas empresas brasileiras (MPE). Para o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/RS, Vitor Augusto Koch, os números positivos revelados são reflexo do reaquecimento da economia brasileira, de um ambiente legal mais favorável ao desenvolvimento dos pequenos negócios, bem como do aumento de empresas abertas por oportunidade e não por necessidade. “Indica, ainda, que as ações colocadas em prática pelo Sebrae estão colaborando para o desempenho das micro e pequenas empresas”, afirma. 
 
A pesquisa, que objetiva preferencialmente medir o Índice de Confiança das MPEs (ICMPE), será divulgada mensalmente, sempre considerando o desempenho das empresas no mês anterior e as perspectivas para o trimestre seguinte. “A pesquisa funcionará como um termômetro da atividade de 99% das empresas brasileiras, que são de micro e pequeno porte”, acrescenta Vitor Koch. 
 
O Estudo mostrou ainda que o Indicador de Situação Atual (ISA) das micro e pequenas empresas gaúchas registrou aumento de 13 pontos entre junho e agosto, passando do índice 91 para 104. O Indicador de Situação Esperada (ISE) também apresentou elevação a cada mês: 125 em julho, 131 em agosto e 139 em setembro. Com relação ao Indicador de Confiança das MPEs (ICMPE), o Rio Grande do Sul segue registrando melhora contínua, passando do nível 108 (julho/12) para 121 (setembro/2012). Os dados apurados sobre faturamento e pessoal ocupado ajudam a compor o ICMPE. 
As respostas fornecidas são medidas numa escala de 0 a 200, onde 100 é o ponto de equilíbrio. Acima de 100, o resultado é considerado positivo. O Índice de Confiança nacional, medido em setembro, está atualmente em 122. 
 
Em relação ao emprego, 88% das MPE afirmaram ter mantido o mesmo número de postos de trabalho em agosto, o que é, segundo o Sebrae, um bom resultado. Já 6% ampliaram o número de vagas no RS.
 
Cenário nacional
Por porte, a maior expectativa de alta no faturamento até novembro foi dos microempreendedores individuais (MEI), com 78%. As pequenas empresas ficaram com 73% e as micro, com 64%. Com relação aos setores da economia, a expectativa de incremento na receita foi mais forte nas empresas do comércio, associado ao reaquecimento do consumo e da sazonalidade positiva (as vendas do comércio tendem a aumentar com a proximidade das festas de fim de ano).
 
Em agosto, os empreendimentos de todos os setores registraram tendência de crescimento em relação ao mês anterior. Declararam aumento no faturamento 28% das empresas nos setores de Serviços, Indústria e Comércio; e 24% nos negócios de Construção civil. 
COMPARTILHE
ESTE CONTEÚDO FOI ÚTIL PARA VOCÊ?

Siga o SEBRAE RS

Notícias

20 de Outubro de 2017

Turismo impulsiona o desenvolvimento de Morro Redondo

SAIBA MAIS

 

20 de Outubro de 2017

Seminário sobre a Junta Digital ocorre em Lajeado

SAIBA MAIS

Vídeos

Ouça o podcast do SEBRAE

Sebrae RS Podcast 20/10/2017 12:01

Seminário Crescer Sem Medo debate mudanças do Simples Nacional

Sebrae RS Podcast 18/10/2017 16:36

Projeto Costa Doce Natureza promove rodada de negócios